terça-feira, 18 de novembro de 2008

utopia

Num firmamento utópico,
sobe um fantástico foguete
através de uma nuvem
com o conteúdo de uma vida branca.
No horizonte de um olho,
o mutante vai sumindo e assumindo,
nos incontáveis séculos que passam
como páginas de um livro grosso e santo.
E no espaço arqui-sideral,
um pássaro de fogo avança sem parar,
à procura de outros mundos,
onde a vida e a morte sejam livres!
(poema e foto por tossan)
*
blog convidado para esta postagem

60 comentários:

  1. Oi Tossan,

    Nossa vc sempre encantando aos meus olhos com seus poemas!!!!!!!!

    E que foto linda!!!!!!!Parabéns!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Tossan, boa noooooooooite!

    A foto está es-pe-ta-cu-lar!

    Amo farol!

    Poemas dos anos 80! E continua tão atual, afliçoes humanas que ultrapassam o calendário!

    Um beijo desse tamnho \____0_____/

    ResponderExcluir
  3. É, não é um farol...rs
    Mas parece! =P

    ResponderExcluir
  4. hoje vc me fez lembrar o poeta português antonio ramos rosa....
    ele é excelente
    a utopia é uma criança com doença terminal....mesmo que haja cura, o organismo não resiste e ela acaba por falecer
    as utopias só existem pq não se transformam nca em realidades
    abraços viu!!

    ResponderExcluir
  5. Foto linda, parece um foguete mesmo. Fiquei pensando em vida branca, vida paz, vida livre. Vida sem violência. Sem o vermelho de sangue que a cada dia marca mais o chão deste país violento. Viva a paz!

    ResponderExcluir
  6. ...consegui vislumbrar a paz
    contida neste click, e com ela
    me emocionar...

    vc é lindo..

    smacksssssssssss

    ResponderExcluir
  7. É menino,
    vislumbrar essa vida branca, clarinha, sem o cinza da tristeza. Será que vamos precisar entrar num foguete e partir para outra dimensão?
    Parabéns. Na poesia, também, se faz a cultura de paz.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  8. Oi, deveria me calar mas...Tudo bem, branco, paz... mas a imagem (foto linda !) é de um forte...paz ou guerra ?
    Abraço.

    ResponderExcluir
  9. Foto maravilhosa Tossan! Maravilhosa!! E maravilhoso seria tb o liugar "onde a vida e a morte fossem livres"!

    ResponderExcluir
  10. Oi Tossan,

    Vejo a utopia e o fantástico coexistindo, buscando explicação e sentido para a existência humana.

    Que a busca não pare!

    Um abraço!!!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Tossan!

    Voltei pra dizer que a foto me lembrou o Homem de Lata do Mágico de Oz.rs

    Não se ofenda, mas pensei nele, acho que devido ao ângulo da foto.

    Um abraço!!!

    ResponderExcluir
  12. Uma foto diz muito mas um poema revela tudo. Unidos, os dois abrem a janela do conhecimento.


    Abraços fraternos.

    ResponderExcluir
  13. oi tossan...

    meu dia começou triste,mas só de ler este poema e ver tão bela foto...me sinto um pouco melhor...

    acalentou meu coração...

    obrigda de novo....

    beijo****

    ResponderExcluir
  14. Oi, Tossan
    Ontem estive aqui, olhei, não consegui comentar (essa é difícil, dificuldade antiga), ia deixar um boa noite e por motivos outros não deixei. Vai ver foi na hora do vinho e não queria incomodar. rsrsr. Sai, sem sair. Acordei pensando, vou passar lá de novo, mas é tão difícil.

    rsrsr Vou voltar..... Cinco vezes.

    beijinhos, ótimo dia.

    ResponderExcluir
  15. Olhar essa foto me lembra dias passados. Suas fotos tem história. Seu blog com poemas e fotos já fazem parte da minha história. Comentei uma vez (15.10), não conseguir escrever algo com relação as minhas fotos de ruínas. Por vir aqui e entrar em contato com suas fotos, o olhar, os ângulos, e me emocionar, simplesmente escrevi.

    O que parecia um "projeto irrealizável, uma quimera" - duas definições de utopia - tornou-se realidade.

    E voltarei....rsrsr beijos

    ResponderExcluir
  16. Bom dia amigo,
    você me encanta com seus belos poemas meu querido!
    A junção da imagem e da expressão ficou explêndida!
    Beijos e um lindo dia pra você!
    Serena

    ResponderExcluir
  17. Tossan, meu amigo querido:
    Já publiquei o Soneto II de Shakespeare. Publicarei um por dia. Vá lá, caso contrário ficará desatualizado.
    Um abraço,
    Renata

    ResponderExcluir
  18. Querido,tem presentinho de natal pra você
    lá no meu blog,esta na pagina "ofereço"
    Tenha um maravilhoso dia


    http://-forever.zip.net

    ResponderExcluir
  19. Preciso de um mundo...
    Grato por suas palavras!

    []'s
    .
    .
    .

    ResponderExcluir
  20. Palavras de elegância incomum...


    Abraço

    ResponderExcluir
  21. Lindo Tossan...lindo!
    Realmente que a liberdade seja rainha e soberana em nossa vida e morte...só assim, teremos sido e teremos continuidade....
    beijo

    ResponderExcluir
  22. Palavras fortes.... que fazem sempre pensar.



    Linda foto. Como sempre .Perfeitos.

    Muitos beijoss querido Tossan.

    ResponderExcluir
  23. Meu querido,meu parabéns...
    Desejo que todos os seus sonhos se realizem e que você esteja sempre cercado de todos aqueles que lhe querem bem.
    Te desejo muitas felicidades,paz e saude,em todos os dias de sua vida.

    ah dia 17 será o meu...

    ResponderExcluir
  24. Rapaz, com esta v. "fundiu" minha cabeça :) Neste poema, repleto de metáforas, me veio mil interpretações. Não cheguei ainda a uma conclusão (rs). Mas não é assim que faz uma boa poesia? Abração.

    ResponderExcluir
  25. "...onde a vida e a morte sejam mais livres"

    Essa única passagem me remete a tantas reflexões. E nem é de se admirar. Vida, morte, liberdade. 3 palavras que abrigam tantos conceitos, idéias, emoções.

    Como sempre, saio daqui me sentindo meio... inebriada. Acho que é isso. Bjin !!!

    ResponderExcluir
  26. Vc tem toda razão. Sabe o que eu acho, querido? Às vezes, as pessoas estão tão focadas com o que não podemos lhes dar que nem sequer percebem o que ofertamos só a elas. Acho que é a lamentável mania de se prender a imagens pré-concebidas e negar a existência de tudo que não se encaixa a esses modelos.

    Enfim, fiquei feliz que vc tenha gostado. Bjin !!!

    ResponderExcluir
  27. Querido Fernando, Palavras para quê ?
    O teu maravilhoso diz tudo nas entrelinhas... Beijinhos de carinho,
    Fernandinha

    ResponderExcluir
  28. E possamos assim, enfim, alcançar a tão sonhada liberdade...
    Grande foto !
    Beijão, Tossan.

    ResponderExcluir
  29. Que surpresa o seu selinho da amizade meu lindo.
    Fiquei encantada de verdade...obrigada de coração!
    Já está na minha galeria de presentes.
    Beijos e uma linda noite pra você!
    Serena.

    ResponderExcluir
  30. Fiquei com vertigem, tamanho poder poético dos teus versos.
    Notável!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  31. UAU! Vim procurar algo sobre Casablanca por causa do seu comentário. estranhei, até que vi o destque que v. deu ao Cartazes. A charge é do Fábio (está em meus favoritos - "Charges do Fadão") que mantém tb um site super legal. OBRIGADO, amigo por mais esta gentileza e carinho. Abração.

    ResponderExcluir
  32. Sublime, simplesmente sublime.
    Abraços,
    Cris

    ResponderExcluir
  33. Oi, boa madrugada.
    Ao olhar a janela dá torre ainda continuo vendo o pássaro saindo voando. Desde a primeira vez.

    beijos e uma ótima quinta.

    ResponderExcluir
  34. Por mais que leia, e foram mais do que as cinco vezes prometidas, não consigo alcançar o sentido das suas palavras, do seu sentir ao escrever. São simbolismos que não alçanco.

    bjs

    ResponderExcluir
  35. O barco se foi. Espero que carregado de sonhos realizáveis. Em busca de mundos possíveis, onde o amor e a liberdade estejam presente.

    Agora posso dormir em paz. Prometi cumpri. Mas não por obrigação, por prazer de estar aqui.

    Muitas vezes caladinha venho olhar a ida e vinda do barco. E tantos outros detalhes.

    fica com Deus. abraços

    ResponderExcluir
  36. Olá Tossan,

    É muito bonita esta parte da cidade de Santos, mostra com sua ótima foto o passado. Abração
    Anderson Eduardo

    ResponderExcluir
  37. Linda foto, o forte é o meu favorito nas minhas pinturas, é pra pensar...Nós santistas somos previlegiados, veja...O forte localiza-se no Guarujá, ou seja na Iha de Sto. Amaro, porém as pessoas de lá precisam vir à Santos para contempla-lo.
    Moral da história: O Forte da Barra é deles mas, o crtão postal é nosso.
    Abraço
    Sérgio Monteiro

    ResponderExcluir
  38. O Sérgio disse tudo e deixou o poema pra mim, ainda bem, o teu firmamento está lindo nas palavras e na fotografia.

    Bjsssss

    ResponderExcluir
  39. Meu amigo e parceiro, pois é, tive um problema no blogger e nao consegui voltar por ai... veja só,acabei nao abrindo mais outra conta ai no blogspot, fiquei com medo de novamente acontecer, entao, como eu já tinha uma conta no flickr, acabei ficando por lá, sinta-se a vontade, a casa é sua tambem..... abração amigo e que bom te ver e saber que suas fotos e poemas sempre encantam

    ResponderExcluir
  40. Falei q tu é mestre de mesclar imagem com texto?
    Pués, me fez lembrar dela mancha com seus moinhos de ventos e fantasias.
    Belo conjunto;)
    Abracitos

    ResponderExcluir
  41. Nao me canso de olhar para esta fotografia. Que maravilha!
    Vou voltar!

    ResponderExcluir
  42. O seu poema é lindo, Tossan, bem como a foto que o acompanha, ou melhor, que faz parte dele.
    Querido:
    Postei o Soneto III e um excerto da Cena do Balcão de Romeu e Julieta de Shakespeare. Vou postar todos os dias. Mas não vou chamar as pessoas todos os dias porque é muito cansativo. Basta ir lá e achará sempre algo de novo.
    Um abraço,
    Renata

    ResponderExcluir
  43. Um pássaro de fogo...a procura de outros mundos
    somos todos que não aceitamos um mundo de cinzas. Belo poema.

    ResponderExcluir
  44. adorei poema, blog, foto, tudo!!!
    beijos!
    :)

    ResponderExcluir
  45. Seu poema me transportou, do foguete branco entre nuvens, aos montros dentro de nós mesmos, até a liberdade em forma de passaro do fogo em busca da vida e morte livres... muito, muito bom!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  46. Vida e morte livres...UTOPIA.


    Belo
    beijos

    ResponderExcluir
  47. Que encontres o céu da libertade para que nos faça voar por belas imagens e letras...

    Abraços!

    Me visite:
    http://degustacaoliteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  48. Tossan

    Gostei do link, achei o maximo bela sacado você teve como sempre seu blog é absurdamente show de bola.

    Que talento...parabéns

    Abraços

    Eduardo - Cinema Diferente

    ResponderExcluir
  49. Lembra mesmo um foguete hehehehe! Onde é a foto?

    ResponderExcluir
  50. Olá Tossan
    Cheguei aqui nesse seu espaço incrível através do blog de Fernando Santos (chana.Gostei muito de tudo que vi e li, parabéns pelo blog.
    Levarei o link para voltar outras vezes.
    Abraços

    ResponderExcluir
  51. Fantastico!
    Tudo em perfeia sintonia e harmonia!

    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  52. Amigo Tossan, belíssima postagem Poeta... Um abraço,
    Lourenço

    ResponderExcluir
  53. Onde a vida e a morte sejam livres...Tossan, achei interessante esse ponto de vista, a liberdade presente, seja de uma forma ou de outra...Um abraço

    ResponderExcluir
  54. Sob um intenso céu azul, a liberdade se destaca vestindo branco.

    * Belas palavras e foto!

    * Beijos!

    ResponderExcluir
  55. então onde fica esta torre de guarda? gostei do ar já gasto e das cores, bom trabalho

    ResponderExcluir
  56. Que lindo! Adorei!
    beijinhos*

    ResponderExcluir
  57. dificil achar um lugar para te mandar um comentario, tambem, é mais que logico, eres GENIAL!!!! saudades e obrigada pelos teus comentarios,

    ResponderExcluir

Não costumo comentar pelo Google+, deixe o link do seu blog quando comentar pelo navegador. Obrigado

No suelo comentar sobre el Google+, dejo el enlace a su blog cuando usted comenta en el navegador. Gracias

I do not usually comment on the Google+, leave the link to your blog when you comment on the browser. Thank you

" Posso não concordar com uma única palavra do que dizeis, mas defenderei até o fim o vosso direito de dizê-la" ." (Voltaire)
Antes de mais nada fica estabelecido que ninguém vai tirar meu bom humor. (Fernando Sabino)

"Puedo no estar de acuerdo con una sola palabra de lo que dices, pero defenderé hasta el final su derecho a decirlo". "(Voltaire)
En primer lugar se establece que nadie va a tomar mi buen humor. (Fernando Sabino)

"I may not agree with a single word you say but I will defend to the end your right to say it". "(Voltaire)
First of all it is established that no one will take my good mood. (Fernando Sabino)