segunda-feira, 17 de outubro de 2011

eco

photo noturna sem o uso do tripé
É a noite calada e vadia,
é a displicência da brisa,
é uma ilha de luzes e sombras,
é o brilho da luz na água parada,
é o eco dos meus desejos,
é o tic tac do analógico
lembrando que luz opaca do dia
vai trazer as minhas dívidas vencidas.
(texto&photos por tossan)
<>
visite o álbum p&b

55 comentários:

  1. Mão muito firme, TOSSAN !
    Que velocidade foi ?

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Lindo!

    É o eco dos nossos desejos
    Iluminando a água parada
    Desejamos a noite, desejamos a luz
    E toda perdição que nela se esconde
    E toda solidão que na noite se permite

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Mas que beleza de 'photo noturna sem o uso do tripé'...adorei, está linda.
    Também gosto da 2ª, acho-a muito artística...bonitas as palavras a dar ainda mais força às imagens.

    1 beijinho:)

    ResponderExcluir
  4. mucho pulso para tomar la primer foto. me gusta mucho. también el texto

    ResponderExcluir
  5. I really like your description of night, and your photos are amazing. Crisp night photographs are not easy to take, but you have done an excellent job.
    Thanks for visiting my site.

    ResponderExcluir
  6. Oi Tossan, tudo bem? Que foto e poema hein! Quando penso que é impossível o Tossan superar o Tossan, eis que surge um novo Tossan. Você é o cara Tossan! Beijus

    ResponderExcluir
  7. Rapaz! eu nem sabia que você é poeta e fotografa tão bem assim, gostei muito delas todas, percorri o seu blog até o fim.
    Cheguei a pensar que você só gostava de vinhos e caipinrinha de Bacardi....Ahahahah! Marca o jantar que eu pago. Agora vem cá, te chamo de Tossan ou de Fernando?
    Abraço do amigo Sidnei

    ResponderExcluir
  8. I like night shots. This is very nice.

    ResponderExcluir
  9. Una luz bellísima en estás bellas composiciones amigo Tossan, un abrazo para ti amigo

    ResponderExcluir
  10. Bonito por demais: o texto e a sfotos. Estão sublimes..a noite...na ciadade...(sem tripé...hein...eu tremeria tudo) depois o candeeiro...divinal.
    Homem...tu fazes poesia com a máquina fotográfica...acredita em mim...

    És madrugador...hummm...como eu (gosto de ver nascer o sol todos os dias...)

    Abraço de blueshell

    ResponderExcluir
  11. beleza de palavras e as fotos mais de que lindas!
    amei,
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Saludos de nuevo ,una entrada preciosa nos hace pensar en lo que dejamos
    Un abrazo

    ResponderExcluir
  13. Mucha luz necesitamos en estos momentos, amigo Tossan
    un abrazo

    ResponderExcluir
  14. Deliciosa vista nocturna con una luz exquisita. Me encanta el poema. Estoy muy contento de saludarle.

    ResponderExcluir
  15. Olá amigo uma bela reflexão, acompanhado por belas fotos bom dia orso

    ResponderExcluir
  16. Olá Tossan!
    O mar e a noite despertam em ti ecos que se prolongam em infinita beleza.
    Gosto muito de fotografia, mas não percebo dessa Arte. Tenho apenas sensibilidade para admirar o que é belo...e aqui há muita beleza.

    Beijos.

    Janita

    ResponderExcluir
  17. Mesmo sem tripé, muito boa.
    Boa combinação das fotos com as palavras!
    Abraço

    ResponderExcluir
  18. moçoooo...., que soooommmmmm!!!!!
    manda ele p'ra mim...!!!
    faz de conta... penitencia pela tua ausência, não de mim mas lá da casa :)

    às vezes me dá uma vontade de fazer por aqui um reboliço e te roubar essas tardes a adormecer, essas luzes nas noites, maravilhosas. essa aí em cima, de punho bem firme, que clic fantástico.
    lindo esse teu eco, liiiinndoooo!!!
    adorei.
    beijo meu.

    ResponderExcluir
  19. É, valente. Sem tripé e conseguis-te essa imagem nítida. Parabéns :-)

    ResponderExcluir
  20. Postagem sublime de fotos e poema...

    Abraço
    Lourenço

    ResponderExcluir
  21. ola, tossan!

    breathtaking and inspiring!

    i love it!!

    and what a coincidence! i've posted a few night photos today as well.

    i LOVE the positive feel your blog reflects!

    saludos!

    betty

    ResponderExcluir
  22. Em tudo q fotografas, há de estar sempre contigo, como fiel parceira - a sensibilidade.

    Por esta razão, é q sempre volto cá. rs

    bj Tossan!
    =**

    ResponderExcluir
  23. Belas fotos nocturnas...Belas palavras...Espectacular....
    Um abraço

    ResponderExcluir
  24. Foto bellissime
    Gio'
    http://remenberphoto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Estupendas siempre las cosas que nos dejas. Un placer haber vuelto por tu casa.

    Saludos y un abrazo.

    ResponderExcluir
  26. que beleza de fotos, a seguir á noite chega o dia com novas esperanças do viver
    bjs

    ResponderExcluir
  27. Ui...cantar??? Não me queiras ouvi cantar...que eu desafino...coisa sem tino...desgraça se graça...tumulto na praça, torpedos pelo ar...se me ouves cantar!!!

    BS

    ResponderExcluir
  28. A segunda foto é pura poesia... Belíssima!

    Beijos, querido.

    ResponderExcluir
  29. Um excelente enquadramento para o poema!

    Forte abraço

    ResponderExcluir
  30. olá lá lá, boa noite oite oite...
    beal luz uz uz

    abraço aço aço

    ResponderExcluir
  31. Querido Tossan,


    As fotos " entre luzes e sombras" são fabulosas. A segunda ficou interessantíssima e pede um duplo olhar. Dos sentidos, a poesia surge.

    Beijos com carinho e boa semana.

    ResponderExcluir
  32. Vim aqui em dois tempos: pra dizer que tá um arraso aquelas em preto e branco sonorizadas Uum luxo!!!) e que essa primeira foto do eco tá demaisssssssssssss! Nem precisa de tripé! Um espanto! Magnífica. Direto dos States: Marvelous!!!
    Arrebentou, tossan, papo sério!!!

    Beijo imenso!!!!

    ResponderExcluir
  33. Olá Tossan!!!
    Sempre com bela fotos!

    Obrigado pelos parabéns!!! Era uma oportunidade que eu vinha perseguindo há algum tempo e hoje me sinto bem feliz de ter alcançado.

    Agora é continuar pra crescer mais!
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  34. Gostei muito das duas fotografias, mas a segunda fotografia cativou mesmo a minha atenção.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  35. Poema e fotos maravilhosas.

    Sem tripé?!! Wow!

    Sofia

    ResponderExcluir
  36. Devo dizer que, especialmente, gostei dessa fotografia do abajour, a cor, a luz, a textura. Tenho percebido que gosto mais das fotos de 'coisas' que de lugares... Lindo trabalho!

    E ah! Adorei suas definições do vazio de um fotógrafo! Muito Bom!!


    Boa noite! ^^
    Hasta.

    ResponderExcluir
  37. A luz lindamente fotografada!
    Preciosas estas fotos!

    ResponderExcluir
  38. Para falar de dívidas em forma de poesia, s´mesmo você consegue, poeta. Mas como existem mais dívidas" que as não financeiras... eu,às vezes, sinto tantas dívidas comigo mesmo. Algumas, quero quitar (rs). Suas fotografias cada vez mais lindas. Sem dívida alguma com artista nenhum. E desculpe o sumiço tb. Ando meio afastado mesmo além de desligado :) Abração.

    ResponderExcluir
  39. Muito bom amigo Tossan, um trabalho excelente! Uma coisa é certa vamos fotografar juntos mais vezes se Deus quiser e se ELE não quiser também vamos por que vou insistir, e o criador há entender porque é pai e nós somos irmãos. Abraço

    ResponderExcluir
  40. E porque se não pode comentar no outro ?

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  41. Quando a noite cai, muitas coisas nos são reveladas em suas cores escuras, em seus sons infinitamente estridentes, muitos desejos e sonhos pairam em nossos sentimentos...belos versos...fantásticas imagens...abraços de bom dia pra ti meu amigo.

    ResponderExcluir

  42. · ¿sin trípode? amigo, tienes un excelente pulso.
    Me gusta.

    · um abraço

    CR & LMA
    ________________________________
    ·

    ResponderExcluir
  43. Meu querido amigo

    Como sempre a poesia mora aqui...porque as fotos também são poesia.
    E na noite os sentimentos afloram como uma brisa ou um vendaval.

    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  44. No escuro da forte luz do dia, nem sempre enxergamos com a mesma nitidez que vemos no escuro da noite.


    Abraço.

    ResponderExcluir
  45. Belas fotos meu amigo, acompanhadas por um belo poema.
    A noite tem uma magia muito especial e tu com mestria e sensibilidade captas tudo isso. Beijos com muita amizade.

    ResponderExcluir
  46. Te abraço e te envolvo em ternura minha!

    ResponderExcluir
  47. tá ouvindo meu eco, moço?! que sumiço te deu?! volte logo a me dar um abraço :)) eu deixo meu beijo ;)

    p.s. adoro esse som!!

    ResponderExcluir
  48. Bonita imagen nocturna en la primera foto y original toma en la segunda,acompañadas de un bello poema.

    Saludos.

    ResponderExcluir
  49. Tossan

    Hei, poeta és especial demais...
    Brinca com as palavras e só um "poeta" como você para falar até em dividas vencidas em forma de doce prosas e versos. Magnífico!!!
    (essa rosa amiga ama ler-te)

    Abraços nossos e muitos beijinhos em seu doce coração

    Flor de sal & Tatuagem

    ResponderExcluir
  50. Maravilhosa esta foto do cais noturno, iluminado, como foi a inspiração e ângulo de visão e enquadramento nas mãos do poeta das câmeras!

    "... na CALADA da NOITE
    sempre alerta ele está
    e os bandidos não esperam
    o homem-aranha chegar!" rsrs

    E sobre o ECO, ocorre-me lembrar:

    Nada eco_lógico!
    http://famainfame.blogspot.com/2010/01/nada-ecologico.html


    Abraço amigo.

    ResponderExcluir
  51. É a noite mágica e real.
    Lindas as suas noturnas. Gostei muito.

    bjs

    ResponderExcluir
  52. Até algumas pedras

    têm vida por dentro

    Excelente

    ResponderExcluir
  53. O mesmo bom gosto de sempre. registros fograficos que marcam. belissimo. Parabéns amigo Tossan.

    ResponderExcluir

Não costumo comentar pelo Google+, deixe o link do seu blog quando comentar pelo navegador. Obrigado

No suelo comentar sobre el Google+, dejo el enlace a su blog cuando usted comenta en el navegador. Gracias

I do not usually comment on the Google+, leave the link to your blog when you comment on the browser. Thank you

" Posso não concordar com uma única palavra do que dizeis, mas defenderei até o fim o vosso direito de dizê-la" ." (Voltaire)
Antes de mais nada fica estabelecido que ninguém vai tirar meu bom humor. (Fernando Sabino)

"Puedo no estar de acuerdo con una sola palabra de lo que dices, pero defenderé hasta el final su derecho a decirlo". "(Voltaire)
En primer lugar se establece que nadie va a tomar mi buen humor. (Fernando Sabino)

"I may not agree with a single word you say but I will defend to the end your right to say it". "(Voltaire)
First of all it is established that no one will take my good mood. (Fernando Sabino)