segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

retrospectiva


Estou ficando velho e daí?
Vi coisas que muitos não viram
e não vão ver.
Sou do tempo do eucalol,
da kollynos ah!...
Do ovomaltine suíço que não existe mais,
da estrela de xerife que vinha no toddy,
dos carrinhos de rolimã...
Brincava com o meu cão
e ele agradecia desengonçado,
soltava pipa, rodava pião...
jogava bolinhas de gude,
andava de bonde sem pagar...
Sou do tempo de pelé e mané,
brincava como criança
e namorava como tal.
Agora o que restou?
Um monte de tecnologias
sem emoções como antes.
Era mais fácil ser feliz e não percebia bem...
Agora estão envelhecidos precocemente,
tomara não crescessem.
Estou ficando velho e daí?
(texto&photos por tossan)
<>
álbum p&b

71 comentários:

  1. A primeira das fotos enche-me as medidas!! Está bestial.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Concordo om o/a MFC, a primeira fotografia está fantástica. Gosto da silhueta com os tons reflectidos no mar

    ResponderExcluir
  3. Adorei seu texto. É estamos velhos e muito das coisas que vc fez, eu também fiz, meus irmaos também...Agora vejo meus filhos só no computador! Nao sabem nem como soltar pipa!!! Tenho lembranças memoráveis da minha infância! Belas fotos! Beijos e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  4. Também estou!!

    E quer saber??

    Acreditos que fomos mais felizes !!

    beijos e ótima semana!

    Bia

    ResponderExcluir
  5. ..precioso contraluz, en tu primera fotografía y cotidiana y reflexiva toma la segunda. Muy bueno el texto...ahora ya corren otros tiempos¡ Saludos y buena semana.
    Ramón

    ResponderExcluir
  6. Velhooooooooooooooo.............?!!!
    beeeeeeeeeeeeem..... ;)
    se for como o vinho do Porto... então está melhor que nunca moço, se cuida hem.......!!!! rsssss...
    :)))))
    amei teu poema, muito verdadeiro
    e olha, também tomei muito Toddy e Ovomaltine, viu?!.... lollllll...
    deixo beijo, volto mais logo que não consegui ver a primeira foto.
    eheheheh, post girissimo....

    ResponderExcluir
  7. Acho que ainda não lhe falei, mas adoro fotografia. Ainda vou aprender a fotografar. Parabéns pelas fotos e pelo poema.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  8. velho? voce' e que diria eu entao que tenho 84 anos!!!!. gostei demias de TUDO!!!
    beijos , meu amigo!

    ResponderExcluir
  9. Eu concordo...

    hj em dia não existe mais infância...essas crianças não sabem o que estão perdendo!
    Talvez letras mais claras facilitem a leitura..tb tô véia kkkk

    bj

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Eu me identifiquei com tudo o relatado... tudo da minha época... é maturidade, certamente!!!
    Abraços de paz e excelente semana.

    ResponderExcluir
  11. Senhor das sombras e das luzes ! SALVE!
    Velha ? Eu estou é muito bem vivida. E, enquanto puder, continuarei vivendo bem, em intensidade, quantidade, qualidade
    Um abraço
    Aqueles tempos não eram melhores. Foram ótimos, como o são tambem estes de agora. Imagine se eu poderia ficar sem conhecer o Tossan. Como eu o faria sem estas tecnologias ?

    ResponderExcluir
  12. Querido Tossan,

    As fotos são lindas..Ah, são sempre lindas! O poema é uma questão que deve ser olhada e analisada com maturidade, como você propõe. Parabéns, portanto,pela maturidade e pela jovialidade incrível e ativa dentro de você, além do orgulho de ter sido criança.

    PS:Fala sério Tossan! Sou mais antiguinha que você, heim?! É muito bom ter e sentir esta "velhice" carregando emoções adolescentes e infantis.

    Carinhoso beijo e excelente semana.

    ResponderExcluir
  13. Que bom, eu também estou ficando velha. Sou deste tempo sim!E Daí?
    Belas fotos.
    Abraços Edna.

    ResponderExcluir
  14. La primera foto tiene un contraluz lleno de magia.

    El texto es precioso.

    Besos

    ResponderExcluir
  15. Belíssimas imagens.
    A primeira combina bem com o poema.
    O meu pai era fotógrafo...tenho saudades do trabalho dele.


    abraços

    ResponderExcluir
  16. É verdade. A tecnologia veio roubar as brincadeiras ao ar livre às crianças. Muitas, não sabem qual é a sensação de chegar a casa todas sujas de terra, ou com as calças rasgadas. :-)
    É uma nova infância....

    ResponderExcluir
  17. Precioso ese contraluz con la silueta de ese niño.
    Gracias por tu visita. Un abrazo.

    ResponderExcluir
  18. Gostei das duas fotos, mas a primeira é mágica... Linda.

    Belo poema.

    Beijo e ótima semana.

    ResponderExcluir
  19. posso falar tossan??

    em quase três anos que venho aqui,este é um dos posts que eu mais gostei!

    eu lembro do kollynus rsrsrsrs.... e sabe que,eu não me sinto dessa época...me sinto mais velha e gosto disso!

    adoro ir na locadora,
    adoro flertar como nas antigas
    adoro escutar carlos gardel
    adoro bolero
    adoro dançar de rostinho colado e tantas outras coisas...

    as fotos estão lindas,tossan...e vc sabe né??

    ....MAIS DO QUE LASANHA.

    beeeijos!

    ResponderExcluir
  20. tudo espectacular...e daí? fomos e somos...felizes...lindo :)

    ResponderExcluir
  21. Melhor viver e ter envelhecido tudo isso.
    Pode apostar. Lembro de quase tudo o que mencionou.

    O Mick tocava gaita nos stones, mas sabe tocar guitarra tb.

    abs

    ResponderExcluir
  22. Faço minhas as suas palavras, cara, na íntegra. Sou mais ou menos dessa época, também, e nós tínhamos sim infância. Hoje, a infância... hm... acho que existe só em forma de lei, pois na prática é entubada, digitalizada e se perde num site qualquer da vida.
    Delícia de texto e maravilhas de fotos!
    Abraço

    ResponderExcluir
  23. Interessante mesmo sua colocação, antes a gente era feliz e não sabia,,,ou será que sabia? rs..rs...hoje temos as mãos toda a tecnologica, toda modernidade, uma globalização violenta, e ficamos lembrando das coisas que moveram nosso passado, mas é bom, faz parte da nossa historia,,,de tudo que construimos pra chegar hoje, eu ainda acrescentaria ao seu texto, as pesquisas que faziamos a mão a pedido dos professores....rs..rs..lembra? horas e horas na biblioteca,,,hoje, digita se no google, copia e cola e não aprende...rs..rs...mas tá bom,,,romantismo é sempre bom,,,abraços de boa semana pra ti amigo,,,bons clicks...

    p.s.meu amigo, fica a vontade pra comentar da forma que desejar, eu entenderei sempre, quanto ao meu texto, o tamanho vai muito de momento, do que vem a cabeça, não tenho regras...rs..rs...e quanto ao Renato,,,to longe dele, quem me dera...abraços...

    ResponderExcluir
  24. Meu deu uma vontade de olhar pro tempo, este que está correndo e dizer: E daí?

    As fotos causaram em mim uma nostalgia semo igual**
    Lindoo, lindo Tossan!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  25. Meu querido amigo

    Eu também estou ficando velha e não me importo...adorei o poema e voltei no tempo...senti na boca o sabor do Ovomaltine.
    As fotos como sempre lindas...a primeira então adorei.

    Beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  26. Y que si nos volvemos viejos?, es ley de vida y muchos por desgracia no pueden decir estas palabras porqué no envejecierón. Unas fotos preciosas, un abrazo Tossan

    ResponderExcluir
  27. Es un placer venir y dejar envolverse con tus palabras. La primera imagen es excelente!!!!
    Besos.

    ResponderExcluir
  28. Entendi tudinho, Tossan! Tanto a parte das crianças, quanto a parte dos cães, lá no seu outro blog.
    E diga-me uma coisa: você viu "Cidadão Kane"? Bem, como um artista da imagem, creio que você deveria ver, se é que não viu. Veja os motivos numa resenha que fiz para um blog de cinema. O link tá lá no nosso Jornal da Lua.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  29. La niñez actual es demasiado breve e intentan que la juventud sea eterna. Este mundo no hay quien lo entienda.
    Excelente
    Un abrazo

    ResponderExcluir
  30. Um belissimo dia pra ti meu amigo,,,abraços fraternos.

    ResponderExcluir
  31. E daí que éramos muito mais felizes!
    Um abraço com certa nostalgia.

    ResponderExcluir
  32. "Há momentos na vida em que nos deveríamos calar... e deixar que o silêncio falasse ao coração; Pois há sentimentos que a linguagem não expressa... e há emoções que as palavras não sabem traduzir..
    Bjs com carinho

    ResponderExcluir
  33. Hermosas y tiernas imágenes! El contraluz precioso!
    Saludos.

    ResponderExcluir
  34. É verdade meu querido,estamos ficando velho e daí? O importante é que vivemos uma boa parte do que era realmente bom.
    Gostei do anjo rs.
    Beijokas millll.

    ResponderExcluir
  35. Muy bonitas fotos, pero la primera esta de lujo los contraluces los dominas a la perfección un saludo...

    ResponderExcluir
  36. Enquanto lia a tua POSTAGEM um filme passava pelos meus pensamentos....deu saudades ,apenas as pipas prevalecem...rs bjos boa semana!

    ResponderExcluir
  37. Lindas imagens e texto, concordo com tudo. Só espero não ver os mais jovens em pé ou sentados nos degraus de uma escada rolante, esperando a "luz" voltar.
    Abraços
    José Jaime

    ResponderExcluir
  38. Grande poema numa sábia reflexão!

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderExcluir
  39. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  40. O texto dava para uma canção cantada pelo português PEDRO ABRUNHOSA.

    DELIREI !

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  41. ...tá ficando velho e cada vez
    mais poético!

    quer coisa melhor?

    bjs da anciã feliz...

    rsrs

    ResponderExcluir
  42. Sim, e daí??? Viver é um privilégio, envelhecer é colecionar privilégios...
    Um abração, lindo o que escreveu, lindas as imagens.

    ResponderExcluir
  43. ♥ Boa quarta-feira!!! ♥ ° º
    ° ♥ °º ♥ °º
    ° ·.·.

    ResponderExcluir
  44. Gostei especialmente da primeira foto com aquela silhueta a contrastar com o tom dourado da água.

    ResponderExcluir
  45. Olá, Tossan!
    Éramos felizes e não sabíamos.
    Mas, continuamos felizes hoje com a nova tecnologia.
    O que envelhece é o corpo, porque a alma continua criança com vontade de aprender sempre mais.
    Bjs!!
    As arteiras

    ResponderExcluir
  46. Estás ficando velho?...Também eu. Sou do tempo da farinha predileta dar brindes. Da farinha 33 e do Sunil para lavar a roupa. Recordar é viver meu amigo e muitos não chegam a fazê-lo. Adorei as fotos principalmente a primeira com o dourado do mar. O poema também está um encanto. Velhos? Claro que não, tal como teria dito o meu avô...velhos não, usados. Beijos com carinho

    ResponderExcluir
  47. Bonitos registos :D
    let me invite to visit my space , http://tiagophotografy.blogspot.com/ , hope you like, and somehow my work can inspire :D
    Hugs from Portugal!

    ResponderExcluir
  48. Tossan,

    a garotada ainda solta pipa. De vez em quando vejo algum...

    Hummmm...o ovomaltine do bobs é uma delícia !!

    Fotos e texto em perfeita sintonia.
    Adoro cenas de praia...

    Beijos !

    Ps - Eu vi. Não tem problema postar por dois. Ficou bom. risos

    ResponderExcluir
  49. Tossan

    Regressei há dias do Brasil onde estive 2 meses.

    Gosto sempre do que escreve e sentia saudades deste recanto famoso.

    Não conheço velhos, nem gosto da palavra. Não a aplico a ninguém!

    Beijos,

    Mª. Luísa

    ResponderExcluir
  50. Bonita foto la primera. Muy buena.-

    ResponderExcluir
  51. Adorei!
    Também estou ficando velha!
    E daí??!!
    :)
    Beijinhos
    Ceiça

    ResponderExcluir

  52. · Dos buenas fotos que recogen lo cotidiano en la vida de un niño, que recogen lo que nuestras vidas han sido... ¿nos vamos haciendo viejos? No creo, sólo nos vamos haciendo más sabios y sensibles.

    · abrazos

    CR & LMA
    ________________________________
    ·

    ResponderExcluir
  53. Tossan
    Gostei das suas fotos como sempre.
    Mas as palavras dizem-me muito também.
    Apesar de «séniores» temos o previlégio de ter-mos vivido bastante. que saudades da bola, do pião, do jogo do arco...
    do beijinho inocente que roubava-mos ás meninas...
    Obrigado amigo pelo seu belo texto.
    Abç
    G.J.

    ResponderExcluir
  54. tossan estamos todos a ficar mais velhos, mesmo os mais jovens onde lá chegar. Mas para as mulheres é mais difícil envelhecer e perder o viço! Resta-nos a sabedoria que nos foi dada pela experiência e algum charme:) Já tenho visto fotos de pessoas que até as prefiro mais velhas e mais charmosas, por isso nem tudo é sempre mau.
    Belas fotogrfias e lindo texto que nos fala a todos.

    beijinhos missixty

    ResponderExcluir
  55. Tento agradecer a visita e dizer que só assim são possíveis os 90.000

    o selo foi feito com amor. A Amizade também.
    Eu sei que é difícil ter amigos de verdade porque este tempo de querer caminhar de qualquer modo é muito complicado.
    EU... NESSE ASPECTO TENHO AMIGOS DE VERDADE EMBORA POR VEZES TENHA SURPRESAS MAS ESSE É O Tal mundo cão...

    agora para os meus amigos
    Um beijo do tamanho do MUNDO...e vamos continuar a abraçar-nos.. e a dizer...Gosto de ti...

    lili laranjo

    ResponderExcluir
  56. Abraços tio , fto muito bonita .

    Continue sempre assim .
    Abraços ....


    Yuri

    ResponderExcluir
  57. E daí, não é amigo??? Melhor ficar velho do que morrer moço. Beijos e bom fds.

    ResponderExcluir
  58. Hoy paso a cierta velocidad... Ando de tiempo como de títulos nobiliarios, vamos ninguno. Sólo decirte que es un placer verte de vez en cuando por mi espacio, y te doy las gracias por ello.

    Saludos y un abrazo.

    ResponderExcluir
  59. Engraçado!
    Sempre q começo a sentir q estou ficando velha...Me vem um sopro de criança q apaga essa certeza.

    bjo, Tossan!
    =)

    ResponderExcluir
  60. E daí que é bom demais....demais.
    E este poema/texto é deliciosamente lindo.
    E as fotos fantásticas.
    Parabéns!!
    Abraços,
    Regina d´Ávila.

    ResponderExcluir
  61. Doce amigo Tossan

    Bons e velhos tempos, onde podiamos correr e brincar livremente e eramos felizes! Também estou ficando velha e... daí?? rsrsrs

    Adorei seu post esta magnífico, mais uma vez Parabéns!

    Beijos doces da rosa amiga
    Iana!!!

    ResponderExcluir
  62. Precioso comentario ,también opino como tu me hago mayor y que !!!
    aquello que se dice "que me quiten lo bailado"
    La primera foto genial muy buena
    Un abrazo

    ResponderExcluir
  63. Querido amigo, há expressões como: "velhos são os trapos", ou "quanto mais velho melhor, como o vinho do Porto". Lol
    Os tempos mudaram e realmente sentimo-nos muitas vezes velhos ou "seres de outro planeta" mas ainda vamos encontrando pessoas com o memo grau de sensibilidade que nós e é a esses que nos juntamos, não é?
    As fotos são fantásticas como sempre. Um beijo enorme desta amiga, Ana Casanova.

    ResponderExcluir
  64. adoro suas fotos,quanto à nós já nascemos com prazo de validade,nos restando o aprendizado,parabéns amigo!

    "Sorria para a vida,encante-se com ela,trate-a com respeito
    E com carinho.Conquiste-a com teu sorriso.Ela também
    Sorrirá para você.O sorriso alegra,liberta,aproxima,contagia,
    Provocando um mundo de alegria".(Mari Amorim)
    Essa é minha mensagem para que você tenha uma nova semana cheia de boas energias e luz!
    um abraço

    ResponderExcluir
  65. Ficando velho...pois eu também, todos os dias mais um pouco, mas o que interessa mesmo é nossa mente...
    Feliz dia dos namorados e casados
    Com carinho
    SOL

    ResponderExcluir
  66. De velho não tem nada. Te conheço muito bem e parece mais com um moleque desobidiente. Gostei da edição...Diferente! Beijus

    ResponderExcluir
  67. A sua retospectiva me fez reviver o passado até à meninice.
    Tão distantes, um de cada lado do Oceano, mas o mesmo Ovomaltine, a estrela do xerife do Tody, o pião
    e mil coisas mais. Lembro ainda o Pirolito. Ia-se bebendo e bastava agitar para o berlinde fechar a garrafa sem perder gás.
    Pena não ter percebido, como percebo agora, que o tempo não volta atrás e que todos os momentos são bons para serem vividos.

    Gosto das duas fotografias. A primeira mais artística, mas a concentração dos meninos a brincar, dá muita força à cena.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  68. Muito obrigada! pelo seu amavel comentário!
    Volte sempre
    Abraço

    ResponderExcluir
  69. Não é nada, apenas a nostalgia que me provocas nesta edição com fotos excelentes e poema que só diz o que sinto também. Abraço tossan

    ResponderExcluir
  70. These are very nice Tossan, your a good photographer.

    Greetings from Holland, Joop

    thanx for your nice comment

    ResponderExcluir

Não costumo comentar pelo Google+, deixe o link do seu blog quando comentar pelo navegador. Obrigado

No suelo comentar sobre el Google+, dejo el enlace a su blog cuando usted comenta en el navegador. Gracias

I do not usually comment on the Google+, leave the link to your blog when you comment on the browser. Thank you

" Posso não concordar com uma única palavra do que dizeis, mas defenderei até o fim o vosso direito de dizê-la" ." (Voltaire)
Antes de mais nada fica estabelecido que ninguém vai tirar meu bom humor. (Fernando Sabino)

"Puedo no estar de acuerdo con una sola palabra de lo que dices, pero defenderé hasta el final su derecho a decirlo". "(Voltaire)
En primer lugar se establece que nadie va a tomar mi buen humor. (Fernando Sabino)

"I may not agree with a single word you say but I will defend to the end your right to say it". "(Voltaire)
First of all it is established that no one will take my good mood. (Fernando Sabino)