terça-feira, 22 de junho de 2010

homenagem


Um dia a maioria
de nós irá se separar,
sentiremos saudades
de todas as conversas,
dos conselhos e lições.
A empatia,
das descobertas
que fizemos,
dos sonhos
que tivemos,
dos tantos risos,
momentos
que compartilhamos
e lembrar como foi fácil
gostar do amigo.
Vá com Deus
faz de conta
que não foi nada...
(texto&photos por tossan)

<>
meu álbum p&b
http://tossanphotos.blogspot.com

89 comentários:

  1. que lindo ta seu blog tossan!

    e o poema divino,uma despedida honrosa!parabéns!

    vc tbm pode tirar as tarjas pretas,e fica so o cara da foto,la em avançado,plano de fundo do gadget escolher opção transparente, vc sabia disso? bjs!marcinha.

    ResponderExcluir
  2. É bem verdade este poema e nos toca no fundo do coração!
    Tuas imagens continuam especiais.

    Obrigada por tua presença, é uma honra para mim.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Ah... te contar que estou chorando...

    Beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  4. Sei que isso um dia irá acontecer, mas enquanto durou valeu a pena.

    Belas imagens.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  5. Essa certeza da efemeridade das coisas, nos dá uma tristeza...

    Seu post, apesar de fotos belíssimas, vem carregado de uma melancolia que dói...


    Beijos avassaladores!

    ResponderExcluir
  6. nossa isso deu arrepio frio na barriga.

    bjosss...


    (`'•.¸(`'•.¸¸.•'´)¸.•'´)
    «`'•.¸.¤¤¤¤¤¤¤.¸.•'´»
    «`'•.¸.¤(\__/)¤.¸.•'´»
    «`'•.¸.¤(=':'=)¤.¸.•'´»
    «`'•.¸.¤(")_(")¤.¸.•'´»
    «`'•.¸.¤¤¤¤¤¤¤.¸.•'´»
    (¸.•'´(¸.•'´`'•.¸)`' •.¸)'

    ResponderExcluir
  7. lindo texto. realmente a separação vai ser inevitável, mas o que vivemos é que fica de lembrança.

    ResponderExcluir
  8. Nossa Tossan,
    que lindo e emocionante!
    Tocou-me a alma.
    O conjunto de imagem e poema é qualquer coisa...
    Sem palavras.
    Você sempre surpreende, com tanto sentimento meu poeta.
    Suas fotos em P&B estão demais.
    Pura poesia em forma de imagem, parabéns querido. És um poeta e um artista de corpo e de alma.
    Terno beijo na alma...

    ResponderExcluir
  9. Amigos não partem de todo; deixam pedaços em nós.

    Sempre lindas as suas postagens.
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Há um dia em que sem nos darmos conta...é a última vez que passamos por certo lugar,olhamos determinada paisagem,fazemos determinada acção, saboreamos determinado sabor, afloramos sorrisos para determinada pessoa, e a abraçamos até à eternidade...
    Esse dia é num ápice...e nós sem darmos conta...
    Muito bela esta homenagem...foi num ápice...
    Forte abraço
    Mer

    ResponderExcluir
  11. quanta verdade neste teu lindo poema! tenho muitos anos e sei o que quer dizer despedidas!!!
    e lindas fotos!
    beijos
    sabe ja tem 6 episodios no "expressodalinha.blogspot.com
    se quiser ver:)

    ResponderExcluir
  12. Não, não...!
    Como se pode fazer de conta que não foi nada?!
    Com partilhas de alegrias, de tristezas e até de quesílias, não dá mesmo p'ra fazer de conta, né?!
    Custa dizer adeus...
    Teus poemas sempre de poucas palavras mas com enorme significado.
    Tuas imagens sempre belissimas.
    Beijo, Tossan.

    ResponderExcluir
  13. tu primera foto trasluce la bandera argentina en la ventana: buen homenaje para el triunfo de ayer! jajaj
    fuera de la chanza la poesía preciosa

    ResponderExcluir
  14. Oi querido...

    Sim, um dia iremos embora mas enquanto não chega a hora vamos ficando por aqui e trocando energia com quem a gente gosta e se sente bem(eu gosto de vc viu?rs...).ADOREI as fotografias e suas palavras...Adorei a música do fundo tb.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  15. É inevitavel o fim nessa vida,,,inclusive da propria vida,,,enquanto isso, vamos viver,,sonhar,,,amar, desejar todos os sonhos loucos,,,,belissimo poema,,,belissima imagem,,,a primeira então,,,é super poetica,,,abraços de otima quarta.

    ResponderExcluir
  16. Precioso y delicado poema, encantador. Felicidades y un saludo amigo

    ResponderExcluir
  17. Sempre com palavras e imagens incríveis! Beijo!

    ResponderExcluir
  18. La luz y la belleza lo inundan todo en esta entrada.

    Besos

    ResponderExcluir
  19. Sabe amigo, eu tive (e tenho) uma grande amiga, conhecida aqui na net, num site de poesias (que ela ainda mantém). Nos correspondíamos todos os dias. Isso por uns 3 anos seguidos. Depois, aos poucos, a correspondência foi diminiuindo e ela me escreveu algo assim: "sei que a gente vai parar de se corresponder qq hora destas. Mas sei tb que as palavras que trocamos não serão perdidas." E não foram. Não dá para fazer de conta que não foi nada. Foi muito e embora eu tenha muitas saudades, sei que aquelas correspondências não serão mais trocadas. Sinto saudades, mas como belíssimamente v. descreveu disse tudo:"como foi fácil
    gostar do amigo." Eu talvez trocaria o "fácil" por bom, pq... como foi (e é e sempre será) bom! Abração.

    ResponderExcluir
  20. Outra poema bonita, gosto muito!
    Optimo combinação com as imagens!

    ResponderExcluir
  21. Poema forte e tocante,a quem é a homenagem ficará feliz,e belo contraste de fotos.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  22. me gusta la luz que entra por la ventana
    salu2

    ResponderExcluir
  23. Felicitaciones por éste bonito e interesante blog. Muy buenos trabajos. Emotiva poesía. Saludos

    ResponderExcluir
  24. Me guata esta foto entra una luz espectacular
    Que pases un feliz verano lleno de luz y color

    ResponderExcluir
  25. Amigo Tossan

    A primeira imagem é um extraordinário klic. Belíssima!

    O poema bem adequado...

    Um abraço.

    ResponderExcluir

  26. Un extraño fenómenos se produce en tus dos fotos. La azulada luz de la primera se deposita en las tranquilas aguas de la segunda...

    Saludos

    CR & LMA
    ________________________________

    ResponderExcluir
  27. Luz Divina !
    Amei o clarão e o lugar lindo....


    Quanto a pergunta, tem, pretendo publicar, mas vai demorar um pouco. risos.

    Beijão

    ResponderExcluir
  28. Vi lá de longe a luz que entrava por aquela janela...,
    Vim então roubar-te um pouco dela :))

    Belissima foto Tossan

    ResponderExcluir
  29. Ele está voltando pra casa depois da passagem por aqui. Cumpriu a sua missão. Fotos sensacionais! Beijuss

    ResponderExcluir
  30. a luz espreita com quem pisca o olho ou conta um segredo pequeno ou uma aparição divina ou extra terrena ou alucinação ou... quer que a espreitem a olhem e se exibe vaidosa para que a olhem bela e dela digam "olha que luz tão bela" e ela feliz e coquete brilha um pouco mais ainda como uma mulher que cora ao ser surpreendida num momento íntimo e desejado...

    ResponderExcluir
  31. Caro poeta linda homenagem, sente-se muito bem a força das suas palavras, adorei!

    Beijinhos,
    Ana Martins
    Ave Sem Asas

    ResponderExcluir
  32. Meu amigo
    Mais um belo poema e imagens maravilhosas.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  33. Poema impecável meu amigo!!!

    Palavras que nos tocam pela verdade, pelo importância.

    Parabéns pela escolha!!!

    Bjo grande da JU

    ResponderExcluir
  34. ...quietinhos sem alardes
    sempre estamos nos distanciando
    vagarosamente para não sentir
    dor.

    eis a realidade da vida, não é?

    Tossan meu lindo amigo,
    você é fantástico nos
    posts!

    não vou nem mais elogiar,
    pq seria redundancia.

    um beijo nesta tua alma linda!

    ResponderExcluir
  35. Olá, amigo!
    Muito linda a postagem. As fotos lindas demais. Também vi as fotos em pxb, sem palavras.
    Confesso, porém, que o poema me faz chorar.
    Obrigada sempre.
    Tudo de bom.
    Beijo
    Renata

    ResponderExcluir
  36. Sábias e belas palavras, Tossan, e imagens maravilhosas.
    É sempre bom vir aqui.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  37. Olá Tossan.
    Há tempo que não tinha oportunidade de passar por aqui por este espaço que continua a ser um dos meus eleitos.
    Um grande abraço e um agradecimento pelo que aqui nos ofereces.

    ResponderExcluir
  38. A separação, em algum ponto, é inevitável. Penso eu que ela seja necessária ao amadurecimento.

    Abs meu caro e bom ver um novo layout aqui... muito show!

    ResponderExcluir
  39. ....a saudade que há de ficar é boa.....boa demais!


    te adoro meu poetinha^^

    ResponderExcluir
  40. Não gosto de pensar em despedidas porque vem uma enorme saudade...
    Sempre lindo o que escreves e o que captas com a tua lente!
    Um beijo muito grande meu amigo querido.

    ResponderExcluir
  41. Que lindo!

    Seu blog tá show. Quero um assim!
    Faz pra mim? Faz. kkkkkkkkkkkkk

    Parabéns!


    Sabemos da partida.
    Ela é certa.
    Passageira
    como raio em
    dia de chuva.
    Mesmo assim dói.
    Dói mais que saudade.
    Mais que infelicidade.
    Mais que nunca.
    Mas....
    passa.
    Assim como a chuva.

    beijos, meu amigo

    ResponderExcluir
  42. Tossan,
    as despedidas são momentâneas,porque na verdade os amigos ficam para sempre em nossa memória.Lindas fotos,a da casa de meus sonhos.
    Boas energias,
    Mari

    ResponderExcluir
  43. Lindas fotos.
    Tomadas de muita qualidade e mensagens.
    As palavras da homenagem nos fazem refletir.
    Quanto ao P&B: os barcos estão belissimos. gosto de fotos em P&B, mas não tenho batido muitas.
    Grande abraço do sul.

    ResponderExcluir
  44. Olá, Tossa!

    A partida é inevitável.
    Ficam as coisas boas vividas.
    No começo fica a
    dor da partida,
    depois, a dor passa
    e fica a saudade
    que nos acalenta.

    Bjs!!!
    As arteiras

    ResponderExcluir
  45. precioso texto y fotografia, un abrazo

    ResponderExcluir
  46. Obrigado Tossan, vi belas imagens no seu blog e preferi as pb.

    abs

    ResponderExcluir
  47. Tossan,

    este poema é uma sacudidela no coração. Bela homenagem e belas fotos ( sempre).



    Carinhoso beijo.

    ResponderExcluir
  48. Boas fotografias, acompanhadas por um bom poema :D

    ResponderExcluir
  49. Estupendas las fotos... como siempre...

    Saludos y un abrazo enorme.

    ResponderExcluir
  50. Olá, Tossan!
    Vim agradecer os selinhos recebidos.
    Gostei muitoooo!
    Bjs!!
    As arteiras

    ResponderExcluir
  51. Faz de conta que não foi nada? Não ... foi muito bom ... não me esquece ... espera eu lá heim!!!
    Adorei seu blog ... beijo seguindo ...

    ResponderExcluir
  52. lindo blog... beijo do Guarujá!
    :)

    ResponderExcluir
  53. Olá tossan,
    obrigada pelo carinho e pelo lindo comentário.
    Também sou fã de tua arte e tuas divinas palavras.
    Abraços,
    Cris

    ResponderExcluir
  54. Tossan, o blog está mesmo lindo e as imagens nem se fala!

    Quem dera
    saber fazer de conta que tudo
    não foi nada...

    Quem dera que
    não existisse
    o dia de nos separar,
    assim os corações
    não sentiriam saudades
    de todas as conversas,
    dos conselhos e lições.

    Quem dera a empatia
    fortalecesse a vida,
    a saúde, o amigo
    para sempre.

    Quem dera pudesse
    sonhar novos risos.

    Fique com Deus
    feche os olhos
    chore as lágrimas
    faz de conta
    que não foi nada...

    Muitos beijos

    ResponderExcluir
  55. Nada nesta vida e neste mundo é eterno. Tudo é efémero.
    Cabe a nós desfrutar o momento da melhor forma possível.

    ResponderExcluir
  56. Abraços fraternos de otimo sabado pra ti amigo,,,

    ResponderExcluir
  57. É um pedaço de céu, que entra por essa janela?

    ResponderExcluir
  58. Que verdade aqui descrita neste profundo poema, um dia tudo acaba mesmo.
    beijinhos

    ResponderExcluir
  59. A vida é como as flores, por mais belas que sejam, também morrem.
    Os amigos vão preparar a nossa chegada.
    Bonitas as fotos, Tossan.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  60. Lindo Tossan, separados no espaço...mas muitas vezes continuam amigos no coração, na alma.....outros é ao contrário estão hoje separados para amanhã estarem juntos.
    Adorei a música e o poema. BJS, uma óptima semana para si.

    ResponderExcluir
  61. Bela foto.Sentiremos saudades...

    beijinho doce esperando por sua visita para dar uma opinião

    http://vemsonharcomigo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  62. Adorei teu novo design...está lindooo!
    Este poema me traz uma saudade não sei de quem e nem de onde.


    Um beijo enorme pra vc anjo querido.

    ResponderExcluir
  63. Obrigado por tudo amigo. estamos com saudades de vocês.

    Abraços

    ResponderExcluir
  64. Meu amigo é perito em fotografia
    e em emoldurar com sua forma de dizer.

    É certo, um dia nos separamos todos,
    Uns mais cedo,
    Outros mais tarde,
    Mas nos separamos.

    O separar em nós,
    É a nossa grande verdade!

    Beijos, Tossan amigo,

    Maria Luísa

    ResponderExcluir
  65. bom domingo, meu amigo, e muito obrigada pelos cometarios!!!
    um gde abraço

    ResponderExcluir
  66. Uma bela semana pra ti amigo,,,abraços fraternos de paz.

    ResponderExcluir
  67. Fantástico blogue, tomei a liberdade de o limkar no meu.

    ResponderExcluir
  68. .

    . até ser outra vez a vez de ser outra vez o dia .

    .

    . permaneço aqui .

    .

    . en.volto no abraço que te deixo .

    .

    . paulo .

    .

    ResponderExcluir
  69. .

    . e,,, .

    .

    . as fotos p&b,,, ou a todas as cores, sendo tuas,,, são e serão sempre um estrondo de beleza estonteante .

    .

    . na imortalização da obra humana na terra .

    .

    . re.abraço.te .

    .

    ResponderExcluir
  70. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do blog seara de versos. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs



    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


    Abraços

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  71. Adorei a segunda foto. Imaginei-me ai sentada, contemplando a maravilhosa paisagem.
    Beijinhos
    Ceiça

    ResponderExcluir
  72. こんにちは!日本料理は好きですか?

    ResponderExcluir
  73. Obrigada, amigo Tossan.

    * Sim, está no texto..Inclusive morreu em Santos.


    Beijos e linda semana, amigo.

    ResponderExcluir
  74. Amigo Tossan!

    A primeira foto é um sonho!
    Está fenomemal.

    Qualquer dia... quando alguém parte é porque chegou a hora.
    Logo depois surge alguém que toma o seu lugar.
    Não é fácil perder um amigo, um amor, mas nada para, muito menos a vida!

    Bejinhos

    ResponderExcluir
  75. "o gato nos ajuda a acreditar!"


    como foi o jantar no Perequê?

    bjo

    ResponderExcluir
  76. Esse texto é maravilhoso!!! Eu não lembro quando o conheci, talvez na formatura, não sei... é lindo e a homenagem sempre válida. Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  77. Este poema es muy cierto y toca el corazón.

    Saludos desde España

    ResponderExcluir
  78. Oi Tossan!

    lindas fotos! poema de homenagem ao
    amigo,que parte mas fica a saudade e a lembrança do verdadeiro AMIGO!!!

    Abraço,
    Lourenço

    ResponderExcluir
  79. tossan

    lindo o que eu sempre vejo aqui.
    poemas e imagens

    bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  80. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  81. Meu caro tossan,

    eu é que agradeço por tudo aquilo que aqui é publicado.
    Fotos tecnicamente perfeitas, temas e cores (mesmo p/b) impecáveis.
    Palavras que ilustram sabiamanete o que perfeito já era.
    Grato, um abraço do
    JF

    ResponderExcluir
  82. *
    amigo,
    ,
    fica a ponte da saudade,
    nas memórias das portagens ?
    ,
    abraço,
    ,
    *

    ResponderExcluir
  83. Belas fotos...em especial a 1º....belo poema...Espectacular....
    Um abraço

    ResponderExcluir
  84. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  85. tossan, obrigada pela visita e comentário... esta janela na pedra, aberta diretamente para a luz, representa muito lindamente tanto a despedida a que se refere o poema, quanto uma entrada no mundo das imagens proporcionada pelo teu blog.
    arte é fundamental!
    teu blog em preto e branco me encantou.
    abração.

    ResponderExcluir
  86. Inevitável, eu sei, mas muito difícil e para passar e chegar ao fim da dor e ficar só a saudade,
    já é tão tarde... que dá para morrer.

    É como a beleza do mar...

    Lindo, mas cruel!

    Agradeço a foto! Um beijo,

    Maria luísa

    ResponderExcluir

Não costumo comentar pelo Google+, deixe o link do seu blog quando comentar pelo navegador. Obrigado

No suelo comentar sobre el Google+, dejo el enlace a su blog cuando usted comenta en el navegador. Gracias

I do not usually comment on the Google+, leave the link to your blog when you comment on the browser. Thank you

" Posso não concordar com uma única palavra do que dizeis, mas defenderei até o fim o vosso direito de dizê-la" ." (Voltaire)
Antes de mais nada fica estabelecido que ninguém vai tirar meu bom humor. (Fernando Sabino)

"Puedo no estar de acuerdo con una sola palabra de lo que dices, pero defenderé hasta el final su derecho a decirlo". "(Voltaire)
En primer lugar se establece que nadie va a tomar mi buen humor. (Fernando Sabino)

"I may not agree with a single word you say but I will defend to the end your right to say it". "(Voltaire)
First of all it is established that no one will take my good mood. (Fernando Sabino)