sábado, 22 de maio de 2010

vazio

.
.
Há um vazio
não um vazio
de enregelar
e sim de vento
seco urbano
insuportável

as portas e janelas
estão escancaradas
mas não há
o aroma de maresia
estou longe do mar
(texto&photos por tossan)
.:.
álbum preto & branco
http://tossanphotos.blogspot.com

93 comentários:

  1. Ah... um céu de brigadeiro! Deixe que ele absorva esse vazio...

    As fotos em preto e branco estão incríveis! A segunda está especial.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Costumo dizer que o vento está ventando ao contrário...e não vem do mar...

    bjs

    ResponderExcluir
  3. fotos deslumbrantes!!!
    sem mar ,o vento não é o mesmo...
    boa noite!marcia.

    ResponderExcluir
  4. Esse vazio dói em mim.

    A beleza das suas imagens me consola.

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Amei a primeira foto. Uma das melhores de todas as que vi aqui.

    O tossan cada vez melhor

    ResponderExcluir
  6. A tecnologia enche o vazio da sociedade moderna.

    Em breve os cientistas, com todas suas máquinas, se darão conta de que o Universo é todo preenchido de vazio, que o vazio é o combustível da criação, e não matéria! Quanto mais cheio de vazio, mais matéria se cria!

    Lindas fotos, como sempre!

    ResponderExcluir
  7. Só estamos vazios quando falta alguma coisa.
    Que as ondas do mar possam te fazer companhia.
    Forte abraços.

    ResponderExcluir
  8. I think my comment was no good english !!!!

    I liked all your pictures
    and as always lovely lines written!

    Have a Happy Sunday
    Enjoy.....

    Anya :-)

    ResponderExcluir
  9. Obrigado pela sua visita e suas palavras inspiradas.

    Saudações de criatividade e imaginação fotos de José Ramón

    ResponderExcluir
  10. Caro TOSSAN
    Bom Dia.
    Muito obrigado pelo seu comentário.
    Não são só os Fotógrafos que vivem de costas voltadas, com os Pintores acontece o mesmo, infelizmente.
    Fiz uma visita rápida ao seu outro Blogue e gostei! até porque sou fã do Preto e Branco.
    Vio-o agora sem máscara, sabe TOSSAN, eu pensava que o amigo era muito mais jovem que eu...rsrsrs afinal devemos andar pela mesma idade.
    Agora uma curiosidade, o Tossan está ligado à Arte do Circo ?
    Abç
    G.J.

    ResponderExcluir
  11. Me gusta mucho la tercera!

    ResponderExcluir
  12. Um Santo Domingo de Pentecostes.
    Não há mar, mas haja o Divino Espírito Santo em sua vida.
    Abraço
    Mer

    ResponderExcluir
  13. ah! meu amigo como te entendo, aqui sopra um vento horrivel praticamente sempre e obvio tbem estou longe do mar que tanto gosto!
    lindas palavras lindissimas fotos!!!
    e obrigada por teus comentarios!!!
    un gran beso,

    ResponderExcluir
  14. vim lhe dizer que amei a mudança no perfil ficou otimo ,bom domingo !!!marcia.

    ResponderExcluir
  15. Siempre lo digo,...


    ...y es que me expreso fatal.




    Quise 'comunicar':


    Tossan!!!!



    ... :)




    B.

    ResponderExcluir
  16. Para mim, os detalhes, como o vazio, sempre sao importantes. Sao as pausas que a vida necessita.
    Um trabalho muito delicado!
    Abrazo!

    ResponderExcluir
  17. tossan

    uma maravilha, os seus blogs!
    (desc. a 'invasão')
    . adorei .

    um sorriso :)
    mariam

    ResponderExcluir
  18. Hola Tossan: veo que tienes muy buenas fotografías por aquí, me quedo como seguidor de tu blog y te invito al mío... Cordial saludo... Rodisi

    ResponderExcluir
  19. Vazios... Já falei tnto sobre esse vazio. Um vazio que corta a alma em tirinhas...
    Um vazio visceral, que dói...
    E as vezes chega a ter cheiro...

    Tossan, ando expert nesse assunto...rs



    Beijos e carinhos meus!

    ResponderExcluir
  20. Belissimas imagens.
    Há momentos na vida que é assim "A estranha leveza do ser"
    Bom Domingo
    Paulo

    ResponderExcluir
  21. Bela composição, Tossan.
    O vazio é tão inevitável quanto os ventos e o apelo do mar.

    beijo

    ResponderExcluir
  22. Bonitas fotos amigo, me gusta mucho la tercera, y buen texto de acompañamiento, un abrazo

    ResponderExcluir
  23. ...o vento,
    mesmo quando em fortes rajadas,
    se torna brisa diante do mar
    este grande mistério tão
    vasto, tão fundo, tão poderoso
    e tão incansável com suas
    ondas quebrando na praia
    num bailado sem igual!

    beijo, fotógrafo poeta,
    ou poeta fotógrafo!

    ResponderExcluir
  24. Acabo de ver o post *Cidade* e adorei as fotos, sobretudo, a última, da vitrine com os manequins. Bela foto!
    Beijo, amigo.
    Bom Domingão*
    Renata

    ResponderExcluir
  25. E o que dizer deste post! Maravilhoso! Gostei muito do *Vazio*, com a engrenagem dando movimento a tudo e, de repente, o céu fica tempestuoso, mas há um pára-raios.
    Parabéns!

    *A Neve pôs uma toalha calada sobre tudo.

    Não se sente senão o que se passa dentro de casa.

    Embrulho-me num cobertor e não penso sequer em pensar.

    Sinto um gozo de animal e vagamente penso,

    E adormeço sem menos utilidade que todas as ações do mundo*
    Alberto Caeiro.

    Tudo de bom a si e aos seus, amigo.
    Um abraço,
    Renata

    ResponderExcluir
  26. Belas fotos e esse vazio chega a todos!
    beijinhos missixty

    ResponderExcluir
  27. Tossan, lindas fotos que realmente exprimem cada verso. Toda a mecânica e captação energética do seco urbanismo.

    Carinhoso beijo, amigo. Lindo domingo.

    ResponderExcluir
  28. Irrrrra rapaz... que fotos estrondosas!

    E o poema não menos do que isso e vazio de emoção, concerteza que não está!

    Meu abraço

    Walter

    ResponderExcluir
  29. Se aproxime,o mar é tuuuuudo de bom.
    Parabéns pelas fotos.
    Um beijo grannnnnnnnnnnnde

    ResponderExcluir
  30. Algumas coisas interessantes alem do mar,
    Bonitos fotografias e ideias!

    ResponderExcluir
  31. O vento seco é o que respiramos constantemente, rodeados de maquinas que nos roubam o fôlego e a liberdade. Tal como tu, longe do mar fico sem ar. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  32. Eu que vivo longe do mar, tenho o privilégio das montanhas. Mas para quem mora na capital, nem o cheiro delas é possível sentir. Acho que estou longe de tudo, cercado de prédios e carros. É o vento seco urbano... disse tudo, amigo. Com a maestria de sempre. Abração.

    ResponderExcluir
  33. Essa antena também faz parte da sua série a P&B que gostei muito, principalmente da segunda. São vários momentos de uma cidade.

    ResponderExcluir
  34. Ola amigo Tossan.
    referente seu comentário em meu post DKW:
    Neste dia andei pela primeira vez em um DKW. gostei muito. Todo reformado no periodo de um ano.
    O proprietário é um amigo de nome NILSON, apaixonado por carros antigos.
    Fone; 048-9963.5184
    E-mail: mnforte@gmail.com
    blog: meufusca62.blogspot.com
    Abraços
    e até a próxima.

    ResponderExcluir
  35. Eu falando do meu vazio, vc, do seu. Este mundo anda vazio... ou cheio demais? Bjs.

    ResponderExcluir
  36. Lindas fotos. A primeira é a minha preferida, ficou um corte muito bonito.
    Abraços

    ResponderExcluir
  37. Tossan,

    homem do mar
    volte para o seu lugar.
    Não deixe que os vazios urbanos
    preencham sua alma
    com as estranhezas
    dos ventos sem cheiros e desumanos.

    Volte para sentir
    o sol repousando na pele,
    o vento afagando o rosto,
    o alívio aconchegando no peito.

    Volte a ser livre no céu aberto,
    continue a observar
    os braços do mar
    sempre a te convidar
    para navegar, navegar.

    Muito bom estar aqui, não sei se admiro as fotografias, os poemas. bjs.

    ResponderExcluir
  38. É, essas fotos sem natureza, cheias de ferros, dão até um aperto no coração.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  39. O meu vazio aqui encontrou-se com o seu amigo.

    Lindas fotos.

    Uma boa semana pra vc.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  40. Lindas fotos!
    Este céu com fortes cores, ângulo ótimo.
    Gosto muito!

    ResponderExcluir
  41. Gostei do jogo de cores das fotos, todas muito bonitas, ficou perfeitas para o lindo texto, bela postagem

    Abraços

    ResponderExcluir
  42. Não estou longe do mar, mas o suficiente para não ouvir o som do mar a bater na rochas, nem sentir o cheiro à maresia quando acordo de manhã. Isso, tossan, é sem dúvida uma das coisas que me dá uma vontade inexplicavel de viver.
    Lindas fotos amigo!
    Venham mais!
    Beijinhos e boa semana

    ResponderExcluir
  43. La tecnología es vacío. Tu poesía me hace reflexionar, tus imágenes me hacen disfrutar.
    un abrazo

    ResponderExcluir
  44. Você e a Dani se inspirando no vazio...espero que essa incompletude seja temporária e traga bons aprendizados.

    ResponderExcluir
  45. Um vazio da alma que implora por amor,,,por carinho, por toque,,,serenidade e paz de espirito,,,,forte abraço e uma bela semana pra ti amigo.

    ResponderExcluir
  46. Desta vez não estou a 100% contigo. Gosto de cidades. Para mim, não são lugares assim tão vazios, Estão cheias de gente e cores e cheiros e sons e, gente é bom...

    Abraço

    ResponderExcluir
  47. Convidamos a todos os amigos para a nossa 2ª Postagem Coletiva, que se realizará entre os dias 27 e 31 de maio.

    O tema proposto é o seguinte: "FOTOGRAFE E CONTE SUA HISTÓRIA"

    Mais informações, acesse o nosso Blog!

    Contamos com a sua presença! Participe!

    ResponderExcluir
  48. Geniales tomas,el contraluz de la última es espectacular.

    Saludos.

    ResponderExcluir
  49. Olá, Tossan!

    Longe do mar
    da natureza
    tudo pesa
    o ar, o clima.
    Tudo escurece.
    Vem o vazio
    e a solidão.

    Lindas fotos!
    Uma ótima semana prá vc!
    Bjs!!!
    As arteiras

    ResponderExcluir
  50. Yo también necesito mi dosis de contacto con la naturaleza. La comodidad de las ciudades esta muy bien, pero el fin de semana salgo pitando de ella.

    Buenísimas fotografías.

    Saludos,

    ResponderExcluir
  51. Tossan, muito obrigado pela sua visita e pelo seu comentário.

    Como sempre disse, também sou apreciador das sua fotos. Parabéns

    Visite-me sempre

    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  52. Cada um tem o seu vazio. Nasci à beira mar e conheço bem este cheirinho, esta brisa. Gostei das fotos.
    Abraço

    ResponderExcluir
  53. Volnei - Sinérgico24 maio, 2010

    Oi caro Amigo! Este seu cantinho, além de tudo o que é mais edificante, se torna uma terapia. Noooossa, passo por um momento meio turbulento, que não foi por acaso lá sobre "missão". Mais uma etapa vencida e na alegria de levá-la a bom termo, fica a sensação que encontrei explicação neste seu VAZIO. Percorri, calmamente, foto por foto, que massageiam e adoçam o olhar, e vi desde o Cotidiano, o espetáculo da docilidade dos cães e a serenidade, que transmite em cada clic com uma arte magistral, o meu significado. Daí, meu caro, me veio a pergunta: - Vc quer ser bicho-da-seda ou borboleta? Muito embora, ambos sejam eficientes à natureza, a melhor saída para o vazio é voar muito além do horizonte tendo asas bem azuis de borboleta. Assim, essas suas imagens tem algo mais ao olhar, pois toca o coração e alma/espírito, caro Amigo. Vc é D++++++++++, parabéns! Grato por tudo e aquele abração fraterno.

    ResponderExcluir
  54. Tossan, meu caro, alguém que lida com o vazio como você, a ponto de nos encher a alma de coisas boas, só pode ser especial.
    Abração de duas asas!

    ResponderExcluir
  55. Estar longe do que nos alimenta,faz até quem te rodeia sentir na alma este buraco... O mar é vida, inspiração, Amor e muita poesia!

    Um Beijo.

    ResponderExcluir
  56. E bate a angústia pela falta da liberdade.
    Mas ainda há o céu em seu infinito a nos dizer tanta coisa.

    Beijão , Tossan.
    Boa semana

    ResponderExcluir
  57. Abraços fraternos de bom dia e muita inspiração e poesia....

    ResponderExcluir
  58. Caro amigo, belo trabalho...Espectacular....
    Um abraço

    ResponderExcluir
  59. Qual vazio qual nada, as fotos são exuberantes... expressivas.

    Abraços

    ResponderExcluir
  60. Meu querido amigo
    fotos e poema, em sincronia perfeita.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  61. Tossan

    A falta do mar nos traz nostalgia.

    Belo, calmo, dormente e terno, na

    Arrábida -
    local de sonho e abrigo

    de poetas desde sempre.

    Serra amada,

    Se a visses e ao seu "Portinho" te
    deslumbravas, única no mundo e eu conheço algum mundo.

    Sinto a tua falta aos meus poemas
    e alguma solidão no google.
    É uma verdade!

    Lindas tuas fotos!

    Com ternura,

    Maria Luísa

    ResponderExcluir
  62. Se está longe do mar, suponho que está longe de casa...longe de casa as vezes bate um vazio mesmo...
    Abraço!

    ResponderExcluir
  63. Belissimas fotos. Cor, enquadramento, nitidez e recorte perfeitos.
    O poema é a saudade do mar, o "vazio" da distância.
    Bom regresso.

    Abraço, Tossan.

    ResponderExcluir
  64. Olá meu amigo!!

    O vazio não deve ser constante, mas sem eles não descobrimos o que realmente nos falta para nos completarmos.

    Parabéns pelo poste!!

    Bjos da amiga JU

    ResponderExcluir
  65. Olá, obrigada pelo comentario ainda bem que gostaste, volta quando quiseres! Tens aqui fotos muito interessantes mas gostei principalmente das que sao a preto e branco, parabens e continua :)

    PS: Tens 203 anos? Tas bem conservado ^^

    ResponderExcluir
  66. Hoje leio uns versos vazio, sem ser no vazio da vida.

    ADOREI

    Efigênia Coutinho

    ResponderExcluir
  67. Se non fora polas comunicacions os vacios ainda serian mais fondos.

    Fermosa a ultima fotografia, moi fermosa.

    Apertas :)

    ResponderExcluir
  68. adorei a expressividade do vento urbano!!! as fotos estão excelentes. As P&B são um encanto, pena não podermos lá comentar, um abraço :)

    ResponderExcluir
  69. Sempre perfeito...
    Saudades

    Beijo sereno
    Beijo meu

    ResponderExcluir
  70. *
    Adorei, amigo,
    ,
    no mar do olhar,
    o vento suão,
    aquece-nos o norte !
    ,
    um abraço,
    *

    ResponderExcluir
  71. Sim!

    O aroma do mar preenche um vazio.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  72. Tossan,
    estou curiosa para saber depois a sua opinião.
    Muito legal !
    Beijos

    ResponderExcluir
  73. lindo ..
    aa o vazio nos mpstra tanto..

    Bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  74. Vim lá do Tossan em p&b. Tenho especial predileção por fotos em p&b e em tons sépias. Gostei muito do outro blog. Porém, você, meu caro, tem intimidade com as cores ou a ausência delas.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  75. Ossan, estive a ver o teu blogue de fotos P&B e adorei amigo! estão qualquer coisas de extraordinárias(adoro fotos a P&B) beijinhos e continuação de grandes clicks

    ResponderExcluir
  76. O vazio das sensações corrói meu permitido querer! e eu que de vida vivo cheiro a brisa com intuito de não me apagar. Abs meu caro amigo.

    ResponderExcluir
  77. Hi! I just saw your profile with your profile image..nice to see your face with your images:)) Sorry to not visit in some time..have been busy promoting and selling my photos aside from family life! Love your images...moving as always! Looking forward to seeing more!! Take care!

    ResponderExcluir
  78. as fotos todas são impecáveis querido..

    eu viajo olhando para elas...

    quanto ao vazio....

    que triste..este é como vento gelado...corta e dói...

    te adooooro poeta!

    ResponderExcluir
  79. Serei repetitiva... Belas fotografias e belos escritos.
    Beijinhos
    Ceiça

    ResponderExcluir
  80. Eu também já acostumei com o cheiro de maresia e não vivo muito tempo longe. Gostei muito da segunda foto, não tanto mais do que as outras. Beijuss

    ResponderExcluir
  81. Ahhh como te entendo...

    ResponderExcluir
  82. bonitas fotos Tossan muchas gracias por tu visita a mi blog..
    saludos

    ResponderExcluir
  83. De las tres la tercera ,es la que mas me gusto pero no desestimo las otras dos
    Un abrazo

    ResponderExcluir
  84. Uhuuuu foto nova no perfil, ainda não tinha visto.

    ... é verdade, o pé frio do Lula jogou o pó mágico, vamos ver se os meninos conseguem se livrar do olho gordo kkkk

    bjka e bom finds

    ResponderExcluir
  85. As fotos são magníficas.

    Há ventos que provocam vazios, de facto.
    Mas eu não sei o que é estar longe do mar...
    Um bom poema, gostei.

    Bom fim-de-semana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  86. _________________________________


    ...bonito!!! Bonito e triste...

    Sim, muitas vezes, não recebemos no rosto, o vento que nos daria alento...



    Beijos de luz e o meu obrigada, pela bela poesia e as lindas fotos!

    ___________________________________

    ResponderExcluir
  87. Adorei a última fotografia.
    Os tons quentes e o grafismo provocado pela torre, transformou a fotografia em única.

    ResponderExcluir
  88. Faas tempo em Tossan
    Ando meio corrido pra varias, tento sempre entrar aqui e outros, mas...
    Embora acredite, seu blog ta cada vez melhor, com poemas lindos demais e fotos q abrilhantam o olhar.
    Abração!!!!

    ResponderExcluir
  89. Tossan,
    vivo distante do mar
    e ao msmo tempo tão próximo!...
    Me identifico c/a profundidade e força q dele emana..

    Obs:
    Gostei do "white horse"!
    rs

    ResponderExcluir
  90. Suas fotos são fantásticas como todos dizem. Puxa vida como as pessoas comentam o teu site. Parabens. Abraço do Antonio Carlos

    ResponderExcluir

  91. El peor vacío es aquel que se llena de gente. El remedio está en la soledad.

    apertas

    CR & LMA
    ________________________________

    ResponderExcluir
  92. 0i, é sempre inspirador olhar suas fotos... todas..... parabéns mais uma vez meu irmão. |Beijocas.

    ResponderExcluir
  93. Tossan, suas fotos são surpreendentes, primeiro andar e as opiniões são grandes, muito procurado, os meus cumprimentos.
    Obrigado por sua amável visita.
    Morris

    ResponderExcluir

Não costumo comentar pelo Google+, deixe o link do seu blog quando comentar pelo navegador. Obrigado

No suelo comentar sobre el Google+, dejo el enlace a su blog cuando usted comenta en el navegador. Gracias

I do not usually comment on the Google+, leave the link to your blog when you comment on the browser. Thank you

" Posso não concordar com uma única palavra do que dizeis, mas defenderei até o fim o vosso direito de dizê-la" ." (Voltaire)
Antes de mais nada fica estabelecido que ninguém vai tirar meu bom humor. (Fernando Sabino)

"Puedo no estar de acuerdo con una sola palabra de lo que dices, pero defenderé hasta el final su derecho a decirlo". "(Voltaire)
En primer lugar se establece que nadie va a tomar mi buen humor. (Fernando Sabino)

"I may not agree with a single word you say but I will defend to the end your right to say it". "(Voltaire)
First of all it is established that no one will take my good mood. (Fernando Sabino)