terça-feira, 31 de março de 2009

letra

***

Junto à mesa
uma máquina de escrever,
o incenso da Tailândia,
um maço de cigarros,
almofadas no tapete,
a cortina desbotada,
feijão azedo na cumbuca,
copo d'agua envenenado
sobre à mesa e o vinho avinagrado.
Vou trancar as portas e janelas,
desligar o telefone e apagar as luzes.
Se me procurarem pensarão que não estou.
Ligo o gás do fogão, ou tomo o veneno?
Eis a questão de um principiante,
vou me entregar a dor,
escrever o poema extravagante,
vou desarrumar o apartamento,
criar um bom cenário,
um verdadeiro palco,
e na penumbra pro meu último ato.
Vou enviar os meus poemas
a serem publicados
para os amigos lerem.
Vou chorar e vomitar frases malditas
e pedir a Deus ou ao diabo que me levem.
Tenho tudo o que preciso agora:
Gás, veneno, feijão azedo vinho avinagrado
e o meu último poema.
Chegou a hora...
Não sei se uso o veneno ou gás!
Qual nada, abro logo um bom vinho,
ha ha ha ha...
Amanhã faço uma festa
e convido você!
(tossan: poema e foto)
*
blog convidado desta reedição

117 comentários:

  1. Ufa!
    Para mim só o feijão, mesmo sem estar azedo, já causa grandes estragos, capaz de destruir a camada de ozonio.

    Menino, cada um com seu delírio. O meu foi escrever de um amor impossível...

    Antes que eu tente me matar, me aguarda para tomar o vinho..

    Achei criativo, e não imaginava esse final.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. QUe coisa boa esse final. Conseguiu criar o clima no começo e ironizou no final. Adorei.. ainda bem que optou pela festa.. deixa o feijão estragar e o vinho avinagrar... o negócio é fazer festa mesmo.
    Obrigado pelas visitas por aqui e pela uol também.
    Camilla Tebet
    Ps. Gostei daqui, virei mais vezes.

    ResponderExcluir
  3. Já estás adicionado na uol. estou adicionando seu blog por aqui no blogspot tbém, com a sua licença.
    ´´´

    ResponderExcluir
  4. quer um conselho? vai de gás. mas no auge da festa, assim vc não vai pro além sozinho.

    bjossss...

    ResponderExcluir
  5. Seu comentário me fez voltar.

    É justamente o que acontece comigo. E por não exergar que escrevi daquele jeito. E com os receios a razão briga com a emoção.

    "Um amor que faça meus olhos enxergarem a beleza do próprio amor"

    Não, não quero um amor perfeito. Na minha idade, com o que já passei e observo já dá para saber que ele não existe. Mas queria sentir e viver plenamente.

    O resto está lá.

    Mas escrevendo assim, e com os comentários vou ficando atenta para alguns sentimentos.

    Valeu!

    ResponderExcluir
  6. Com certeza irei, mas vou logo avisando nao bebo.... so agua e sombra fresca...kkkkk abração

    ResponderExcluir
  7. Boa noite, torço pelo Santos Futebol Clube. Moro no Rio de Janeiro. Saudações alvinegras. :)

    ResponderExcluir
  8. Vim aqui agradecer a sua visita!

    Volte sempre que quiser e será bem-vindo!

    Cheguei aqui e encontrei um espaço muito criativo. Gostei muito desse blog criativo. Quero (e vou) voltar mais vezes para conferir sempre o que você tem a oferecer!

    Grande Abraço!

    Bossa Nova Café - textos, música e arte!

    ResponderExcluir
  9. Fala seu loco!!!hahaha
    Bem sombrio esse testo ...no início!!!Depois relaxei...hahaha
    De nada pelo selo...vc merece!!!
    Gde abraço!!

    ResponderExcluir
  10. Boa noite, Tossan!
    A festa vai começar...Deixa o som rolar...Adormeça na embriaguês do vinho...Nos braços de uma desconhecida...Assista um filme de David Linchy...Agradeço-te e também vou te linkar.
    SUCESSO!!!Bjsssss

    ResponderExcluir
  11. oi,

    Bem legal, começa meio sinistro, vai aos poucos se delineando e um final surpreendente..parabéns pela criatividade.

    bjos!

    ResponderExcluir
  12. voltei...rs

    obrigada pelas palavras carinhosas...vc linkar vc tb, tá.

    grande bjo!

    ResponderExcluir
  13. Nossa q MEDO!!!!
    O começo é meio FREAK, mas acaba muito ALTO ASTRAL!

    FOTO LINDA!
    BJUS

    ResponderExcluir
  14. ...ainda bem que mudou o rumo da prosa com genealidade...foto lindíssima, lindo fotógrafo!

    ResponderExcluir
  15. Fico pensando... Quando a gente morre, quem fica para escrever palavras como as nossas?...
    É uma opção egoísta, essa de querer morrer. Levamos tanta coisa...
    (O melhor de mim está em http://opequenomilagre.blogspot.com). Obrigada pela visita na "Novela da Vida". Já não pretendo continuar on line esta história. Desde o capítulo 1, foi um ensaio. Continuo a melhorar os defeitos nos bastidores, Tossan. Esta novela promete 300 páginas. E pode até acabar com feijões azedos, gás e tudo mais... (risos)
    Gostei imensamente do seu texto. Um relato em forma de poesia... intrigante e apaixonante ao mesmo tempo. Um forte abraço da Joice.

    ResponderExcluir
  16. Meu Deus que susto, ainda bem que você só estava brincando, é poesia é assim mesmo. Mas a foto como sempre é ótima. Bjs

    ResponderExcluir
  17. O halls é de cereja por acaso?
    SE for é o meu preferido! Beijoss

    ResponderExcluir
  18. Teus Poemas e texos são fortes...
    Tuas fotos muito sensíveis, e nos transportam para um momento e um tempo que transcendem a realidade...
    "A arte Deus fêz... os Artistas apenas a expressam... e nós os meros mortais, apenas apreciamos"
    Parabéns !!!
    Garcia

    ResponderExcluir
  19. Amei sua criatividade! Final excelente!

    Boa semana pra vc...bjo!

    ResponderExcluir
  20. Adorei.
    Pra cada veneno existe o antidoto.

    Só não entendi o lance de ser convidada, pro teu blog... se puder me mande instruções por email!!

    Convidar loura da nisso, kkkkk
    beijos meu e um dia de muita serenidade.

    ResponderExcluir
  21. Essa terceira foto é fantástica. Fico maravilhada pensando em como surgem as ideias. Sabe minha teoria sobre isso? Acho que as ideias ficam por aí pairando sobre nossas cabeças esperando que alguém as pesque, junte vários ingrediantes, temperos, condimentos e as sirva numa bela travessa, ou então as ofereça sem frescuras, ao natural, do jeito que foram colhidas, feito frutas frescas.

    Quanto ao poema, curiosa essa ligação invisível que há entre nós por aqui, como disse num post, estou com um poema tratando das diferentes formas de morte e vida guardado. Mas vou deixar pra poublicar num dia que eu estiver bem triste porque assim acaba sendo uma forma de expurgar a dor... rs.

    Bjs, querido!!!

    ResponderExcluir
  22. la primera toma es preciosa el sol lo hace todo dorado y en la segunda foto las hojas parecen caer sobre un espejo.
    Y de veneno nada.

    ResponderExcluir
  23. Muito bom o poema. A princípio depressivo, mas com um final surpreendente. Percebi que está reeditando os seus poemas. Logo, terei de fazer o mesmo.
    Um beijo e bom dia, Tossan,
    Renata

    ResponderExcluir
  24. Paradoxo ao extremo!..é assim, só mesmo um bom final pra transceder todo começo da palavra...;)

    Vinho seco, tinto ou suave?rss

    Bjos Tossan...bom dia pra ti...

    ResponderExcluir
  25. Mais um belo trabalho meu amigo, belos olhares, belo conjunto de imagens, a 1ª está deliciosa e uma cor deslumbrante... e o texto a completar mto belo.
    Parabéns mais uma vez por aquilo por aqui fazes.
    Abraço,
    Nuno

    ResponderExcluir
  26. Realmente, que maneiras escolherias tu para te matares, há maneiras menos dolorosas e rápidas :)

    Ainda bem que escolheste o vinho, e como não o posso beber contigo...Tchimmm, tchimmm à tua saúde!!!

    beijos meus

    ResponderExcluir
  27. kkk Só agora que vi...Obrigada viu??

    Tambem não conheço, só distraida, rsrsrs

    beijos again

    ResponderExcluir
  28. Nem preciso comentar ne???
    Fotos maravilhosas...
    Me convida...adoro vinho e festa...
    E poesia..rssssss
    Beijao menino

    ResponderExcluir
  29. Tossan, quanta inspiração neste poema genial, que quase nos tira a respiração, junto com umas fotos magníficas!


    Entrega
    delírio
    de dor
    Doce poema
    de amor
    Veneno teu
    que me espasma
    e me mata
    de ti...!

    Um beijo

    ResponderExcluir
  30. A ave dentro do copo, está de mestre e prefiro sony a lg, mas são gostos.
    Abraço

    ResponderExcluir
  31. Quando você reedita os poemas, acho interessante porque reedita os comentários. E eu continuo me assustando rsrsr

    Estou aguardando ainda a festa. Isso mostra que o tempo passa, e passa rápido, e nós passamos pela vida com sonhos e promessas, algumas realizações.

    É bom reler você, é bom reler meu comentário.

    Seis meses se passaram. Nossa! Seis meses. Quem sou eu? Quem é você? O que fizemos nesse período?

    Aí, Tossan, me dá uma inquietude.

    abraços

    ResponderExcluir
  32. OLá Tossan
    Adorei este poema... e as fotos. Claro!
    Com o seu bom vinho brindemos o seu sucesso!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  33. Tossan.O poema belo as fotos maravilhosas,como tal brindo a isto com um copo de vinho do Douro?.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  34. o imagens são muito bonitos:
    eu realmente gosto o primeiro,
    tem uma luz maravilhosa ...
    e poesia...realmente uma final surpresa...surreal

    Um abraço

    :-)

    ResponderExcluir
  35. Na verdade eu sempre procuro ver a obra que crias, como um todo...Foto e texto...
    Mas também posso percebê-las isoladamente pois cada uma é Obra de Arte à parte ou no conjunto é um espetáculo.
    Eis ai a tua genialidade, Tossan.

    Então na primeira imagem há um pássaro solitário sobre um barco, igualmente solitário, vazio...
    E o título da postagem é "veneno"...Então posso pensar
    no veneno da solidão.

    E este transforma coisas indigestas como se fossem 'feijões estragados' ou águas estagnadas e insalubres...
    Há os solitários que superam, brindando, com ou sem vinho, a alegria no final...

    Mas infelizmente há aqueles que se trancam e em silêncio engendram o maior dos absurdos dessa vida com veneno ou o gás mortal...
    Mas é preciso VIVER, ser FELIZ apesar dos 'venenos' e das coisas insalubres dessa VIDA...

    Eu sempre digo que não és óbvio e esse final confirma a minha teimosia...

    De tudo fica um pouco.
    Na mensagem que deixas, nas imagens os símbolos e signos e eu , fico com a companhia de tuas palavras, mesmo sendo um post reeditado, porque nele tu estás de todas as formas, há tua mão, tua poesia e teu olhar...

    Fazer o quê? Dizer o quê?
    Quero beber desse vinho contigo e sorrir também.
    Juro que sim.
    As fotos são superlativas e inacessíveis aos adjetivos comuns.

    E.T.
    Ontem mesmo enviei e-mail agradecendo-te a prenda. É tua a primazia do Prêmio.

    Eu estou esperando postares em avant premier para que eu possa remeter aos demais.
    Só farei depois que o tiveres ostentado.
    A primazia é tua, ora...

    Carinho,
    Mai

    ResponderExcluir
  36. Que bom que o final é feliz!

    Pois é assim que espero que você sempre seja!

    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  37. Hahahaha!!! E você também tá convidado pra minha festa, amanhã, dia primeiro de abril, Tossan! E não é mentira, hein?
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  38. Excelente o texto, belissimas as fotos!
    Casamento perfeito!
    Parabéns Tossan
    G.J.

    ResponderExcluir
  39. geniales composiciones puro arte de exposicion, yo compraria tus fotos en una exposicion
    saludos brujos

    ResponderExcluir
  40. QUERIDO TOSSAN, BELÍSSIMAS FOTOS... PARABÉNS!!!
    QUANTO AO TEU POEMA... PEDIR A DEUS OU AO DIABO QUE TE LEVEM... EU DOU-TE UMA RECEITA MELHOR..., VEM DAÍ AMIGO E VAMOS JUNTOS TOMAR O NOSSO VINHO CONVERSAR A NOITE TODA... SÓ Á UMA CONDIÇÃO TENS QUE DEIXAR A MÁSCARA DE PALHAÇO EM CASA... E VIVA A BOA DISPOSIÇÃO...
    BRASILEIROS E AÇOREANOS TEM MUITO EM COMUM...ABRAÇOS DE AMIZADE,
    FERNANDINHA

    ResponderExcluir
  41. Lindo!

    Também quero ir nessa festa.

    Parabéns pela opção que fez.

    Tossan, que fotos maravilhosas!
    Menino, teus olhos captam o ivinsivel.

    beijos

    ResponderExcluir
  42. ...ahhh isto sim é um excelente texto escrito...um baudelaire...daqueles textos que nos fazem vibrar e ate sentir as fibras dos nervos....essa coisa do feijão foi adorável! morrer se peidando deve ser uma experiencia surreal!...e ainda bem que vc gosta de vinho...vinho Dão!...e tbm de festa...pena que eu não posso ir nessa tua festa..mas te digo amigo...isto sim é literatura!
    abração!

    ResponderExcluir
  43. Meu amor, vc está cada dia melhor....como um bom vinho ! Quanto mais o tempo passa, melhor ele fica. Mais apurado em seu gosto.
    Me convide para a festa. Eu bebo o vinho com vc!
    Te adorooooooooooooooo
    beijo
    .................Cris Animal

    ResponderExcluir
  44. Oi, amigo. Estou com um monte de foto nova. Tentei me inspirar bastante. Postarei na Quarta viajante. Beijos!

    ResponderExcluir
  45. OBRIGADO TOSSAN PELAS ELOGIOSAS PALAVRAS QUE DEIXOU NO MEU BLOG.
    Abç
    G.j.

    ResponderExcluir
  46. "Beijo Paula,
    se fores numa
    festa, não apenas vá,
    te convides também."


    Vou pensar tanto....

    Na minha timidez. Na minha sensatez. Nos meus trilhos.Até na minha burrice.

    Vou ter que beber muito vinho.

    beijo

    ResponderExcluir
  47. Oi Tossan!

    Gosto de drama, de palavras de desabafo, de histórias e momentos, assim como postou, solitários, em que dá vontade de jogar a toalha e fechar os olhos para o mundo...

    Fiquei feliz pelo final da postagem, por um leve momento você me preocupou, mas se foi essa a intenção da postagem, você conseguiu. Hehehe!

    O veneno da vida tem o sabor da solidão! Ela mata a alma aos poucos, sem precisar de nada, ou na verdade, é do "nada" que ela o utiliza para acabar conosco.

    Bom, gostei, parabéns!

    Um abraço e vamos comemorar! Com um bom vinho é claro.

    ResponderExcluir
  48. Tossan, confesso que li seu poema e não comentei, fiquei puto...rsrs
    Você me enganou, fui ficando preocupado até que sorri e agora sorrio de novo, adorei a foto do cálice...meu mestre...rsrs
    Quando eu crescer quero fotografar assim...quanto ao poema, eu vou me virando por aqui, aprendendo e dividindo com os colegas esta arte e vício de querer ser poeta...parabéns pelo conjunto da obra...um abraço na alma

    ResponderExcluir
  49. Vinho é bom! Veneno nem tanto, mas o que me chamou atenção mesmo foi essa foto da taça. Belíssima!

    Abraço

    ResponderExcluir
  50. Eu sei Tossam, aliás imagino...rsrs
    O que mais acho legal nisso tudo é essa troca, esse aprender sem copiar, é que as vezes algumas palavras ficam na memória da gente e com certeza um dia iremos usá-las...tenho um poema, você já deve ter lido..."Eu, folha", que cismei que tinha lido algo parecido em algum lugar e fiquei com medo de ter copiado de alguém, sai perguntando para conhecidos, pesquisei em alguns lugares e hoje após tê-lo enviado para várias pessoas me convenci de que ele é meu...rsrs
    Outros que a gente lê, as vezes bate uma inveja boa, como disse a Tatiana hoje lá no Verseiro...
    Sinto muito isso quando leio Vinicius de Morais, ele tem um estilo de inverter as palavras que me agrada muito, e por isso as vezes o leio com este sentimento de Putz...como é que não pensei nisso?? Rsrs...
    Esse teu pema de hoje e ontem ficou show, pois envolve e no fim surpreende e forma boa, por isso o "mestre" no conjunto da obra é mais que merecido...parabéns, desculpa o palavrório...rss...um abraço na alma...bom descanso...

    ResponderExcluir
  51. Tossan, Tossan...
    Que magia é essa?
    Fui lendo, me retesando na cadeira... Uma gonia... algo forte, como a sensação de uma tragédia!
    E no final termino com uma boa risada!

    Sua criatividade, inspiração e imaginação me espanta! rs


    Beijos avassaladores!!!

    ResponderExcluir
  52. Um copo de vinho avinagrado pra celebrar esse poema??
    Apenas pássaros nas fotos??
    Liberta-te...
    hehehehhe
    Abraços

    ResponderExcluir
  53. ...nada tenho a dizer...apenas sinta que aqui estive...

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  54. .________querido Tossan




    sim! abrir um bom-vinho:=)


    .e




    fazer uma BRINDE______à vida!!!





    ______///




    mas gostei de poema:=)








    beijO_____ternO

    ResponderExcluir
  55. Bom Dia!!
    De visita ao seu blog..
    Li atentamente sua postagem..
    A pitada do drama, do desanimo me prendeu até o ultimo momento.
    E ei que derrepente o Final surpreendente e bem humorado rs.
    \o/ Aeww Muito Bom parabens e um otimo dia!!

    ResponderExcluir
  56. *
    libertação suicidária ?
    ,
    um abraço,
    ,
    *

    ResponderExcluir
  57. Simplesmente sensacional o desenrolar da loucura e da poesia, parabens amigo, vindo conhecer seu blog pela nossa amiga Paula Barros...forte abraço e um otimo dia....

    ResponderExcluir
  58. Este final foi uma lufa de ar frescoO final do teu belíssimo poema foi uma lufada de ar fresco que veio desanuviar as palavras duras que fui registando no meu cérebro meio adormecido, porque acordei já tarde depois de uma noite mal dormida.
    Apesar de já ter almoçado ainda estou meia zonza porque hoje começa uma etapa nova na minha vida, 1 de Abril, costuma ser o dia das mentiras, mas não no meu caso, é mesmo verdade, hoje fiquei de férias definitivas, o despacho de “aposentação” veio mesmo no último dia e ainda não digeri bem que a partir de hoje posso fazer o que me “apetecer”:-)
    Gosto da tua forma de escrever e de ver este mundo real em que muitos vivem, um mundo de isolamento, e de desânimo. Não acredito que vivas assim, deves ser uma pessoa linda no teu coração, mas que não descura estes presságios desta época.
    Enfim, agora que já falei muito e os “neurónios” já funcionam melhor, gostei muito do teu poema e vamos lá brindar eu já me fiz convidada.
    As imagens que ilustram este “Veneno” são fantásticas! Para quando um livro? Pega no teu computador e começa a juntar as peças do puzzle, vou ficar à espera e quero um assinado por ti, com o teu nome e um “miminho” é evidente, porque sou “amante” da arte e dos grandes escritores.
    Eu compro está bem,:-) e posso divulgar por aqui no meu modesto espaço que também é teu.
    Um dia muito feliz para ti grande poeta e artista fotográfico!
    Beijinhos levados numa brisa por esse Atlântico até "Santos".
    Ana Paula

    ResponderExcluir
  59. Vês que eu tenho razão, comecei a escrever e repeti as palavras, pensei que tinha apagado o início do texto e não o revi depois de o ter escrito, as minhas desculpas:-) Mas entendes-me.:-)
    Beijinhos grandes.

    ResponderExcluir
  60. Ao nascer de mais um dia, tudo é lindo e maravilhoso. O caminho que se prossegue, a verdade que se faz presente e a vida que se expressa são os dons da plenitude Divina.

    Bom dia Tossan.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  61. Amigo Tossan!

    Lindas fotos,com um poema avinagrado e cheio de gáz mas com um final feliz... Sublime!!!

    Abraço

    Lourenço

    ResponderExcluir
  62. Oi Tossan....
    Voltei para lhe agradecer a visita é um imenso prazer ter um comentario seu lá viu!!
    Bem é isso ..
    Um beijao e um otimo e abençoado dia de muita luz!!

    ResponderExcluir
  63. Sinto-me convidada.....
    Fracamente fantástico e bem escrito....

    A foto do copo....Um estrondo

    Adorei

    bjinhos e bom resto de semana

    Bom ler-te

    ResponderExcluir
  64. ...aceito o convite! Gosto de um bom vinho;)

    ResponderExcluir
  65. A grandeza da arte está fundamentalmente no seu caráter ambíguo.

    ResponderExcluir
  66. ai tossan.....li tensa este poema hein^^

    o fimal me surpreendeu,me fez sorrir^^

    vc é um querido....ficou linndo^^
    a terceira foto está deslumbrante....

    ResponderExcluir
  67. Há uma brincadeira no meu Blog. Gostaria que participasse :)) fico à espera...

    E traga consigo o Presente de Páscoa. É oferta :))

    Beijinho

    ResponderExcluir
  68. esse seu blog recebeu recomendações nos meus...
    abs Meier

    ResponderExcluir
  69. ...convida-me!...para rirmos do que foi ontem...e bebermos a cicuta doirada da primeira imagem...dispenso copo ou cálice.

    ResponderExcluir
  70. Usando PC emprestado, tenho que passar ràpidamente para ceder a cadeira à dona da máquina, mas não dá só para olhar, apreciar, é necessário abrir comen(que é lento na máquina onde estou) só para dizer que são lindas as fotos, e lindo teu texto.
    (Mesmo que não dê tempo de ir aos meus blogs)

    ResponderExcluir
  71. É sempre a melhor solução: sorrir de tudo e de nós mesmos e uma festa! Eu vou!!!Posso? Rsrs


    Beijos, Tossan

    ResponderExcluir
  72. Uauu arrasou heim poeta? Disse tudo, desabafou, jogou tudo pra fora que eu até já estava ficando assustada.
    É... às vezes é bom extravasar com as palavras, ainda bem.
    Agora... o vinho, acende o incenso e vamos nessa festa, ouvir Nana Caymmi cantando Suave Veneno porque o amor é tão lindo que chega a ser um delicioso veneno.
    Como sempre, lindas fotos
    Bjs

    ResponderExcluir
  73. Oieee,
    Não posso deixar de dizer que AMEI a última foto!!! que ãngulo hein!!! parece que o pássaro está dentro do copo! Show!

    E vc.... se der uma festa espero que me convide mesmo viu!!!!Rs
    bjinhos

    ResponderExcluir
  74. Se a convidada for eu, ACEITOOOO... Que saudade senti de você, bjus e tomemos o vinho!

    ResponderExcluir
  75. Qué excelentes fotos, me han gustado muchísimo!!!!!!!!!
    Tienes un asensibilidad muy especial.
    Un beso

    ResponderExcluir
  76. Fotos lindíssimas e poesia da melhor, se sente aqui. Aproveito a desejar uma feliz Páscoa

    ResponderExcluir
  77. Meu querido, já estava assustada!Foi um alivio chegar ao final do poema.Acho que a decisão foi mesmo a mais acertada.Lol
    As fotografias são maravilhosas, aliás como sempre e nem espero de ti outra coisa.
    Um beijo muito terno com um abracinho bem apertado.

    ResponderExcluir
  78. oi amigo, primeiro, me desculpe a ausência, embora o trabalh oesteja ocupando o tempo quase todo, mas os amigos jamais podem ficar para depois. e estar aqui é sempre uma alegria e um aprendizado. as fotos são deslumbrantes e a poesia flui com a leveza da tua sensibilidade. um grande abraço.

    ResponderExcluir
  79. Você, suas fotos, suas poesias, empregnadas de emoção
    Deixo-me ficar aqui por alguns momentos e embriagar-me neste lugar.
    Beijos
    Vá por lá, tenho novidades.

    ResponderExcluir
  80. Passando pra dizer que estou morrendo de saudades e também pra te deixar um beijo e um carinho!
    (Ainda sem net...af!)
    Beijos do tamanho do mundo pra você!
    Obrigada por tudo meu amigo!

    ResponderExcluir
  81. Uau Tossan, isto foi forte, ao poeta tudo é permitido!
    Daí não me assustar de contário ficaria preocupada.

    Hoje publiquei nos outros sorrisos, se quiseres passar por lá estás convidado.
    Beijinhos sem veneno mas com muito doce.
    isabel

    ResponderExcluir
  82. Se a maior loucura é viver,então estamos aí para ir á luta.
    beijos

    ResponderExcluir
  83. Simplesmente lindo "meu caro" amigo!

    A 1ª foto fez me olhar e pensar no verão que aí vem... Espero que chegue depressa...

    Os Açores no verão são ainda mais belos :)

    ResponderExcluir
  84. riflessi, riflessi, riflessi...
    un gioco di certezza e finzioni, realta e sogno, nei tuoi colori splendidi della fantasia
    ciao amico mio

    ResponderExcluir
  85. Tossan, venho para tedizer que podes ir buscar o meu sorriso aos
    "OUTROS SORRISOS"
    COM UM BEIJO DA ISABEL

    ResponderExcluir
  86. Vinho? Opa! Vai convidar mesmo? Prometo levar chocolate. gosta de chocolate?

    A ultima foto ficou legal. aja criatividade.

    beijos, querido

    ResponderExcluir
  87. Acho que sim, é melhor beber o vinho

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  88. É isso mesmo, meu amigo. Desesperar jamais! :) Se tudo desaba, temos várias soluções. E v. escolheu uma das melhores: nada como um bom vinho (bom mesmo!). As fotos estão incríveis!!! Abração.

    ResponderExcluir
  89. É Tossan quase não encontro vaga para meu coment!!! passo para lhe deixar com sempre meu grande abraço e para dizer que nem sempre passo por aqui o tanto que deveria ou gostaria em função de minhas limitações de tempo mas quando o faço é só alegria em tudo ver, pura poesia em alegria de viver traduzidas em palavras e frases a se somarem as fotos maravilhosas em um todo para nosso deleite.
    Mais traduzido impossível, valeu Tossan.

    ResponderExcluir
  90. eita, volta lá no meu barraco e participa da brincadeira...rs Quem disse que eu gosto de vinho caro? rs Isso eu responderei depois...hehehe
    beijos

    ResponderExcluir
  91. Eu tenho um texto neste estilo... mas sobre um outro tema.
    Adorei. Muito.

    ResponderExcluir
  92. Ainda bem que o final é feliz e quero ir nessa festa, envie-me o convite. Suas fotos s~so demais. Bejuuussss

    ResponderExcluir
  93. As vezes parece que estamos bem e a sorrir...mas por dentro...só nos sabemos o que carregamos, não é?

    Um belo final de semana para você e para todas as pessoas que estão em seu coração!

    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  94. Uau.. fotos belissimas.. e que poesia maravilhosa apesar de ser meio suicida.. mas no seu contexto uma beleza
    soraia

    ResponderExcluir
  95. eu sou a ciganita viu
    www.ss-santiago.zip.net
    www.ciganita.zip.net
    rsss
    beijos
    ciganita

    ResponderExcluir
  96. Nossa que alívio,kkkk...
    Ainda bem que tudo vai virar festa!
    Adorei as fotos principalmente a primeira.
    Bjocas!

    ResponderExcluir
  97. As always great images!
    Have a nice weekend, Tossan.

    ResponderExcluir
  98. O sol rasga os panos do horizonte
    Em pacífico brilho de sua magnitude…
    Cadenciado ondular que em mar bronze,
    Excelsa beleza no marulhar da virtude!

    A rocha na ânsia do dia, bebe sedenta do mar,
    Firmada num profundo e desigual chão azul …
    Cristalizadas águas reflectem o planar,
    Das majestosas e imperais… gaivotas do sul!

    Gostava que comigo
    Desse asas á sua imaginação,
    No… “Portal da rocha… penedo do guincho!”

    Um bom fim-de-semana,
    Com muita inspiração
    E na mente… um sorriso!

    O eterno abraço…

    -MANZAS-

    ResponderExcluir
  99. Meu querido amigo tossan, não quero ser repetitivo,
    pois já escreveram isso . . .
    mas o início forte e nos levando para um desfecho trágico, de repente se reverte no oposto e divertido,
    achei incrível esse poema,
    isso é arte, isso é criatividade,
    isso é nos prender pela leitura,
    engolindo cada letra, cada palavra,
    isso é o dom da palavra,
    parabéns,
    abçs netunianos

    ResponderExcluir
  100. Ahá esqueci, fiquei tão envolvido com o pema, que esqueci de dizer, as fotos estão ótimas,
    parabéns, e desculpa a nossa falha, rsrsrsrsrsrs,

    abçs

    ResponderExcluir
  101. Voltei, vinho que vira vinagre?
    Ufa, não dá!
    Bom final de semana amigo
    beijosssssssssssss

    ResponderExcluir
  102. Tão real e tão bem escrito que o início me deixou preocupado, e o final me fez suspirar de alívio!!!!
    Parabéns Tossan, pelo texto e pelas bonitas fotos.
    Abração.

    ResponderExcluir
  103. Perfil disponível - o filho foi legal comigo.
    Como viver sem sua doçura?

    ResponderExcluir
  104. Putss....estragos esses que as vezes achamos brincadeiras ne...e nem ligamso quase.....

    affeeee


    abraçao

    ResponderExcluir
  105. mejor así, buen vino, buenas palabras, buena fiesta!!!

    ResponderExcluir
  106. O final do poema é... de morrer!!!
    Também vou à festa, tossan, mas não
    gosto de vinho, só de cerveja, tá bem?!

    A ave dentro do copo, fantástico!

    Abraço com sorriso.
    Bom Domingo de Ramos!

    ResponderExcluir
  107. Tossan:
    Como amanhã é meu último dia aqui, preparei um café da manhã natural para o domingo no FEMININA e você é meu convidado especial.
    Um beijo,
    Renata

    ResponderExcluir
  108. QUERIDO FERNANDO... UMA BOA TARDE DE DOMINGO... QUE ESTEJAS MUITO FELIZ SÃO OS MEUS VOTOS... MUITOS BEIJINHOS DE CARINHO E TERNURA,
    FERNANDINHA

    ResponderExcluir
  109. Meu nobre amigo poeta Tossan, que susto avinagrado eu levei, ainda bem que tudo terminou num belo cálice de bom vinho, como deve ser. Parabéns pelo poema,

    paz e harmonia

    forte abraço

    Caurosa

    ResponderExcluir
  110. Que susto vc me deu...ainda bem que o vinho falou mais alto.
    linda a foto com o pássaro.
    beijos

    ResponderExcluir
  111. É óbvio que, ante fotografias tão criativas, o final, necessariamente, teria de ser feliz. Grande trabalho!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  112. VENENO

    Menino que bom o final do seu poema!!!!!!!!!!!! Ufa! Pensei que fosse ter coragem de se matar! Cara, é preciso ser muito macho pra fazer isso, não é? Fico boba quando tomo conhecimento de alguém que dá cabo da vida assim... Credo! Um horror, viver é tão bom, tão lindo, emocionante!!!

    Então Tossan, a nossa saúde um brinde com um bom vinho!

    Lindas, lindas todas as fotos que vejo por aqui.

    CON

    ResponderExcluir
  113. Tossan... você é danado para escrever, hem???
    Parabéns!!!
    Enquanto lia o poema, criei o maior suspense...
    esperando o pior drama que acabou em festa!!!
    Muito bom mesmo!!!
    °º♫
    °º✿
    º° ✿♥ ♫° ·.
    ✿⊱╮

    ResponderExcluir

Não costumo comentar pelo Google+, deixe o link do seu blog quando comentar pelo navegador. Obrigado

No suelo comentar sobre el Google+, dejo el enlace a su blog cuando usted comenta en el navegador. Gracias

I do not usually comment on the Google+, leave the link to your blog when you comment on the browser. Thank you

" Posso não concordar com uma única palavra do que dizeis, mas defenderei até o fim o vosso direito de dizê-la" ." (Voltaire)
Antes de mais nada fica estabelecido que ninguém vai tirar meu bom humor. (Fernando Sabino)

"Puedo no estar de acuerdo con una sola palabra de lo que dices, pero defenderé hasta el final su derecho a decirlo". "(Voltaire)
En primer lugar se establece que nadie va a tomar mi buen humor. (Fernando Sabino)

"I may not agree with a single word you say but I will defend to the end your right to say it". "(Voltaire)
First of all it is established that no one will take my good mood. (Fernando Sabino)