sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

vem...

***
Vem...
fique a me namorar,
me ensine o teu jeito de amar,
afaste os meus receios,
me encontre outra vez,
que agora eu estou pronto.
Sopre o cisco do meu olho,
me queira depressa,
trás a tua vibração,
me dê teu corpo
e vamos dançar!
(photos&texto por tossan)
*
blog convidado desta postagem

http://essapalavra.blogspot.com

105 comentários:

  1. Tossam
    Obrigada pela sua visita e por ser mais um seguidor desse meu blog de artes que tem apenas três dias. Obrigada pelo seu comentário e vou discordar de você, quando diz que não entende muito bem de artes. Ninguém precisa entender de arte, mas senti-la - que é o principal- pois só é arte quando atinge nossa sensibilidade pela estética, harmonia das formas e cores.
    E o klic tossam esta carregado de arte por todos os lados.
    Seu poema de agora está divino.
    Beijo doce.

    ResponderExcluir
  2. ...oh mygoodzinhudosky,
    isso tá me cheirando romance,
    e dos bons...

    se for pura fantasia, mesmo
    assim dá para imaginar um amor
    de sonhos que a todos encanta.

    e as fotos então...
    affffffffffffff
    eu ainda vou aprender a
    fotografar assim.
    só preciso descobrir o defeito
    da minha Sony...rsss

    smacks, lindoooo!

    ResponderExcluir
  3. las hojas son tan frágiles y puras... y tu logras capturar su escencia en cada imágen!

    Un abrazo, tossan, que tengas un bello fin de semana!

    ResponderExcluir
  4. É, já tinha lido esse poema em outro cantinho, confesso que na hora não gostei desse vem. Me deu um vendaval nas folhas do meu coração, deixando algumas caídas.

    Mas acima de tudo a minha honra como comentadora assídua e fã incondicional. rsrsr

    Me perdi...vou observar melhor.

    beijo

    ResponderExcluir
  5. Ufa! Pensei que o blog indicado era o tal cantinho.

    O blog indicado é ótimo. Fonte de inspiração e inquietação e "escrivinhação".

    Vamos ao comentário? Ah, tá.

    As folhas cada dia estão mais bonitas, o detalhe da areia nela e da marca na areia, adorei. O chão da outra também me chamou a atenção.

    Você acredita que só ontem me dei conta que tem uma árvore dessa no pátio onde trabalho. Tinha umas folhas no chão e pensei, isso é assombração, agora vejo essas folhas em todo canto, quando olhei para cima estavam mais folhas, fui descendo e encontrei o tronco...

    Quanto ao poema é um romântico chamado. Alguém que não se achava pronto para amar e agora se sente pronto...e quer amar. Ou já está amando pela beleza e intensidade do sentimento no poema.

    Ao amor tudo!

    abraços

    ResponderExcluir
  6. Tossan, querido, estou em débito com meus blogueiros favoritos, inclusive com vc, mas olha, eu passo por aqui, vejo uma maravilha dessas... Ai, senti plena vontade de estar curtindo uma grande paixão! Inspirador, totalmente inspirador!
    Como sempre, vc arrasa!
    Bjocas saudosas!

    ResponderExcluir
  7. Façam tardes as manhãs
    Façam artes os artistas
    Faça parte da maçã
    A condenação prevista
    Façam chuvas os Xamãs
    Façam danças as coristas
    Façam votos que esta corda
    Não sabote o equilibrista

    Façam Beatles "For No One"
    Faça o povo a justiça
    Faça amor o tempo todo
    Que amor não desperdiça
    Faça votos pra alegria
    Faça com que todo dia
    Seja um dia de domingo

    Façam tardes as manhãs
    Façam artes os artistas
    Faça parte da maçã
    A condenação prevista

    Façam Beatles "For No One"
    Faça o povo a justiça
    Faça amor o tempo todo
    Que amor não desperdiça
    Faça votos pra alegria
    Faça com que todo dia
    Seja um dia de domingo

    (Osvaldo Montenegro)

    Votos de um lindo final de semana
    Um abraço

    ResponderExcluir
  8. Preciso disso... dessa leveza natural dos apaixonados.

    Amei...Bejosss lindo!

    ResponderExcluir
  9. Fernando,

    adorei o 'acanhamento'
    "tire o cisco do meu olho"...

    De novo, eu gosto!

    Muito.

    ResponderExcluir
  10. Querido Tossan!
    Adorei conhecer teu blog, é encantador! Tudo aqui é fantástico!!
    Li este belo texto e digo, é simplesmente divino!!
    Parabéns e aplausos!!
    Bjss no coração!
    Celylua.

    ResponderExcluir
  11. *Lindo blog, *Tossan !!! Já estou

    acompanhando-o !!!

    *Ótimo final de semana !!!

    *Um abraço.

    ResponderExcluir
  12. Voltei aqui para dizer que respondi seu comentário lá mesmo no Fama inFame, achei melhor nem escrever aquela resposta aqui porque, digamos, bem, talvez fosse infame demais para deixar registrada aqui... rsrs

    Mas quero reportar uma coisa estranha que aconteceu 2 vezes quando tentei abrir seu blog agora com o Internet Explorer. Nas 2 vezes, antes do blog todo carregar, fechou TODAS as janelas do IE, de repente, sem nenhum aviso... Você introduziu algum código html ou nova feature na sua página entre o post passado e este? Só consegui carregar o blog e responder aqui usando o FireFox. Parece haver alguma coisa que ficou incompatível com o IE... Mas pode ser alguma coisa errada com minha sessão de Windows também... Depois que eu ressetar e rodar novamente o antivirus, vou tentar outra vez... se funcionar, volto a comentar, só para vc saber. Obrigado.

    ResponderExcluir
  13. Fantásticas fotos...belissimo poema...

    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Uma leveza, suave e simples do jeito quase impossivel de escapar a paixão,amar assim é dar asas a imaginação,excelente e como sempre as fotos acompanha o ritmo do poema.

    abraço poeta, e excelente fim de semana.

    ResponderExcluir
  15. Voltando para agradecer o selinho, já agora obrigado pelas palvras.

    abraço poeta!

    ResponderExcluir
  16. O bom, é que a nossa alma dança junto com a sua escrita!

    Magnifico ;)

    O amor, afasta os males,
    e quando não se sabe amar, ensina!

    Beijoss

    ResponderExcluir
  17. lindo tossan!

    As fotos estão com cores lindas e as palavras com sentimento :)

    ResponderExcluir
  18. Fotos lindas, como sempre.Dizer o quê?

    Quanto ao poema ficou muito bom com o fechamento que é um convite para a dança.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  19. Amigo querido bateu aquela saudade de túuuu...
    Então corri pra pertinho e vim ler-te e matar um pouco da saudade e dizer que desejo a ti:

    "Uma felicidade que não empobreça
    Um desejo que nunca se apague
    E um amor que sempre te abençoe...
    Obrigada sempre pelo seu carinho e Amizade!
    Beijinhos Eternos No Seu Doce Coração!"

    Beijos e beijos da amiga rosa
    Iana!!!

    ResponderExcluir
  20. rsrs eu é q estive ausente

    ResponderExcluir
  21. Gostei das fotos e do poema, das cores retratadas. Bom fim de semana.
    Abraço

    ResponderExcluir
  22. Bonitas hojas y muy bien captadas, con la saturación correcta.

    Saludos.

    ResponderExcluir
  23. Fotografias acertadisimas, ala decrepitud del otoño textura luz y tonalidades ideales un gran trabajo fotográfico sin dida
    saludo sbrujos compañero

    ResponderExcluir
  24. A dança precede a morte, e isso nos ensinam as folhas caídas.

    ResponderExcluir
  25. Chamando assim quem é que resiste hein??? Me diz????

    bjinhos

    ResponderExcluir
  26. Very good blog with well posts and improbable photos!

    ResponderExcluir
  27. Como sempre combinação perfeita...

    bjos e ótimo fds prá vc!

    ResponderExcluir
  28. Como pode passamos por situações e imagens comuns e vcs fotógrafos conseguem tirar " alma " desse corriqueiro e comum, foto linda , qto ao poema tmbm muito bom,
    abçs

    ResponderExcluir
  29. Tossan! Lindo e em sintonia o poema e as fotos para ilustrar.
    Beijinho bfs

    Lisa

    ResponderExcluir
  30. Olá Tossam,

    Um belo poema de quem está pronto a amar.

    Abraço

    ResponderExcluir
  31. Les feuilles mortes quón ramasse... deixa pra lá. O poema é lindo, Tossan. Alma desnudada, pronta para o amor e as suas alegrias, como dançar, namorar, ir ao cinema e ficar de mãos dadas se a pipoca não atrapalhar... O beijo roubado. Lindo.
    Um beijo,
    Renata

    ResponderExcluir
  32. Meu caro amigo poeta Tossan, sublime, parece que o "vírus" do amor está espalhado e contaminando todos os enamorados. E isso é bom!

    PS: Estás com peso adequado para sua idade, o percurso da caminhada também é o ideal.Continue perceverante. Parabéns.

    Saúde e paz,

    forte abraço

    caurosa

    ResponderExcluir
  33. Oi Tossan
    Gostei do rexto/poema e da foto da folhinha de cor quente.
    Abç
    G.J.

    ResponderExcluir
  34. As folhas para mim me lembra passado.Cada folha solta uma página solta no vento...Mas a poesia em questão lembra futuro... rs...

    Aproveitando a passagem para lhe dizer q coloquei uma foto captada por vc no Avesso...
    Vai ficar um tempinho lá pq adorei a imagem.Vc é muito bom em captar imagens e tem uma luz perfeita!Sempre! Parabéns!

    Beijinho

    Maria

    ResponderExcluir
  35. Sua sensibilidade, Tossan, emociona-me. Imagens, palavras, conjunto sublime.
    Abraços, daqui

    ResponderExcluir
  36. Lindo demais esse post.

    abraços

    ResponderExcluir
  37. Tudo perfeito, textos e imagens.
    Amo seu espaço, é muito gostoso viajar nas fantasias de uma pessoa tão sensivel

    ResponderExcluir
  38. Muito lindas as imagens e belos poemas encontrei aqui.
    Abraços

    ResponderExcluir
  39. poema breve mas... longo em beleza!!

    abraços fraternos

    - aqui temos poeta!!

    ResponderExcluir
  40. Amigo passa la no blog tem lá um prêmio pra voce.

    abraço!

    ResponderExcluir
  41. Ueba!!!

    Vamos aproveitar e dançar ao som daquela música linda que você enviou?

    Dizer que fotos e poema são lindos não é novidade, mas importa se eu disser que são lindos, mais uma vez?

    Beijos mil, querido Tossan e bom domingo!!!

    ResponderExcluir
  42. Nossa... muito importante saber a hora que o outro está pronto. Mas como é difícil...

    Bjos!!!

    ResponderExcluir
  43. Bom dia Tossan!!!

    Você como sempre com seus belíssimos poemas!!
    Haja inspiração rsrsrs

    Um grande beijos.

    ResponderExcluir
  44. Tossan esse teu chamado é lindo!
    Espero que encontre receptividade nesse belo convite!

    Tenha uma bela semana!

    Abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  45. QUERIDO FERNANDO, LINDA A TUA POSTAGEM... FOTOS MARAVILHOSAS E O POEMA DE ENCANTAR O CORAção... u
    Um grande abraço de carinho e ternura,
    Fernandinha

    ResponderExcluir
  46. Hummm

    gostei do chamado.....
    o jeito das palavras torna veridico o que deseja mostrar,,,,

    abraços...

    ResponderExcluir
  47. Querido Tossan:
    Publiqei um poema meu no Poemaa e gostaria que vc o apreciasse.
    Beijos,
    Renata

    ResponderExcluir
  48. tossan....vc tem alma de poeta....adoro seu jeito de escrever^^

    ResponderExcluir
  49. A dança é o namoro dos corpos.

    ResponderExcluir
  50. lindo texto.
    O autor esta mesmo apaixonado pra pedir dessa forma, tão doce, tão suave, tão linda.
    Encanto-me com o teu olhar sobre as coisas.

    ResponderExcluir
  51. Passando para te desejar uma ótima tarde e uma semana abençoada.

    Lindo! Que chamado,viu ?

    Bjss querido amigo.

    ResponderExcluir
  52. Preciosas imagenes, y fantástico texto!
    Un abrazo Tossan!

    ResponderExcluir
  53. que colors tan intensos tiene esas hojas!!!

    aunque las pobres estan un poco deterioradas
    pero las fotos te quedaron de lujo

    abrazos

    ResponderExcluir
  54. Como o vento que tras as folhas e as leva assim o amor desliza nas folhas ao vento
    beijos

    ResponderExcluir
  55. Salvé!
    Bonito poema...
    mas cuidado...com a expectativa e sobretudo o apego!

    Caso se identifique, deixei um desafio no blog.

    Sempre...
    MAriz

    ResponderExcluir
  56. Bem, parece que aí por esses lados existe paixão pelo ar! Seja como for, tanto as fotos como o poema estão excelentes.
    Uma excelente semana para vc.
    O Repórter Alentejano.

    ResponderExcluir
  57. Super legais as fotos!!
    Estou curtindo essa nova fase!!
    Abraço!!

    ResponderExcluir
  58. Aportei por aqui por indicação dos amigos. Adorei e vou ficar ancorada.

    Lindas as tuas fotos com a companhia das palavras!

    Beijos

    ResponderExcluir
  59. Vamos dançar, sim !

    beijinhos verdinhos

    ResponderExcluir
  60. fuuuuuuuuuuuu....fuuuuuuuuuuuuuuu....soprando o cisco de seu olho rsrsrs.. passando para agradecer seu doce comentario.. amei viu... um final de noite cheio de alegrias.. fuuuuuuuuuu..saiu?? ah não saiu né!! pera mais uma vez fuuuuuuuuuuuuuuuuu...beijinhossssssssssss

    ResponderExcluir
  61. A maturidade pode trazer um novo sabor aos amores. Melhor deixar uns de lado, para que, qdo de nosso crescimento, ele renasça e resplandeça leve como o cair de uma folha ao sabor do vento...

    Sobre seu comentário, adorei os dizeres da chuva...ela sempre me traz sentimentos intensos...ah, não estou triste na foto, estou pensativa...rs...

    Bjs querido!

    ResponderExcluir
  62. Fotos muito bem definidas... moço o obturador estava certinho, bem como o ASA do filme... É profissional da arte... ou tem olho e a máquina faz o resto... a lente é excelente.

    Abraço

    ResponderExcluir
  63. Uma linda chamada ao amor!

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderExcluir
  64. Sim ! ..É tão perfeito que aceito dançar!
    beijos meu grande poeta

    ResponderExcluir
  65. Oie,

    Passando para deixar um bejinho e dizer que esou com saudades!!!

    ResponderExcluir
  66. Klic superando Tossan ou Tossan superando Klic ?
    Bom de ver, bom de sentir !
    beijo
    ...........Cris Animal

    ResponderExcluir
  67. Adorei a combinação fotos e poema, achei um poema pra você.

    A FOLHA SECA

    Já fui sombra fresca sob
    o sol quente do verão;
    já fui abrigo certo
    da chuva forte que caía.
    Admirada porque era verde,
    era vida e pulmão,
    recebia a brisa da manhã
    com um aceno de alegria.
    Hoje sou folha seca jogada
    ao vento, rolando a esmo,
    ao léu ou soprada ao tempo
    voando sem rumo, no céu.
    Desprezada e enrijecida
    pelo mesmo sol que me deu vida;
    Atapeto o chão, desprotegida,
    pisada pelas mesmas pessoas
    que dei guarida.
    E agora, que apagado meu encanto,
    fico perdida de canto em canto...
    ferida, sozinha, em pranto...
    sofrendo tanto... sofrendo tanto!

    Orlando Ribeiro Beijosssss

    ResponderExcluir
  68. Agradeço a visita ao meu espaço. Aqui estamos bem. Tudo é belo

    ResponderExcluir
  69. Olá Tossan, tudo bem? lindas fotos, lindo escrito, parabéns!

    Eu fiz alguns Selos para os Blogs amigos e parceiros, estão no link abaixo, esteja a vontade para aceitar ou não, mas não deixe de dar uma olhada,
    boa semana.

    http://valterpoeta.blogspot.com/2009/01/meus-presentes-para-seu-blog.html

    ResponderExcluir
  70. Quando vc achar uma folha de plátano tira a foto!!!!
    Quanto a globo...acho que a maioria do povo gosta mesmo dos bigbolhas....deixemos a sua magia para a net então....he he he

    ResponderExcluir
  71. Tossan querido:
    Tenho outro blog, GÓTICO. Gostaria que vc fosse conhecê-lo, mesmo sabendo que não faz o seu gênero:
    http://blogrenatagotica.blogspot.com
    Beijinhos,
    Renata

    ResponderExcluir
  72. Querido tossan, passando só para lhe desejar uma semana de paz.

    Bjsss meu amigo

    ResponderExcluir
  73. Passando pra desejar um inicio de semana abençoado...e deixar meu carinho Não espere um sorriso para ser gentil.
    Não espere ser amado para amar.
    Não espere ficar sozinho para reconhecer o valor de quem está do seu lado.
    Não espere ficar de luto para reconhecer quem hoje é importante para você.
    Não espere a queda para lembrar-se do conselho.
    Não espere a enfermidade para reconhecer quão frágil é a vida.
    Não espere ter dinheiro aos montes para então contribuir.
    Não espere por pessoas perfeitas para então se apaixonar.
    Não espere a mágoa para pedir perdão.
    Não espere a separação para buscar a reconciliação.
    Não espere elogios para acreditar em si mesmo.
    Não espere a dor para acreditar em oração.
    Não espere o dia de sua morte sem antes amar a vida!
    Seja sempre você, autêntico e único!
    bijinhos

    ResponderExcluir
  74. Não consigo comentar aqui e seu email volta

    beijos

    PSTomara que esse va..

    ResponderExcluir
  75. Obrigada pela visita e pelo carinho constante...ès importante!

    Gostei muito deste post...

    Beijo

    ResponderExcluir
  76. Amigo querido...

    Amanhã espero-te para junto comingo apagar as velinhas
    amiguinha aqui amanhã fica mais velhinha... heheh conto com vc...

    E conto com todos os amigos que eu não pude aparecer em seus blogs para convidar... :( beijusssssssssssss millllllll
    Iana!!!

    ResponderExcluir
  77. Dessa vez o que chamou minha atenção foi a ligação entre foto e poema. Por que vc escolheu as fotos das folhas pra ilustrar um convite de amor?

    Acabei viajando aqui quando percebi que uma folha caída no chão lembra muito um corpo, um corpo de mulher.

    rs... É, querido, viajei... rs. Culpa sua... rs. Bjin !!!

    ResponderExcluir
  78. *
    a valsa da folha,
    em corpo vibrado,
    ,
    gostei,
    ,
    abraço,
    ,
    *

    ResponderExcluir
  79. Vc chamou eu vim, lindo!!

    “A felicidade se encontra em horinhas de descuido”
    Guimarães Rosa


    beijitos,

    ResponderExcluir
  80. Tem surpresinha prá vc lá no blog...

    bjos...Izinha

    ResponderExcluir
  81. Sempre achei as folhas caídas bonitas,costumava guarda-las dentro de um livro como marcador.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  82. Tossan....
    Dançar com o ser amado
    é se entregar a divindade.
    E você, heim ?
    Faz de uma pequena folha
    uma obra de arte.
    Tem um selo pra você no meu blog.
    Beijão e excelente semana

    ResponderExcluir
  83. Oi,

    Respondedo ao seu comentário,

    Quisera eu, ter alguém que me escrevesse poemas e poesias tão inspiradas quanto as suas.....

    bjinhos

    ResponderExcluir
  84. Eu gostei do poema! Bastante!
    "Tire o cisco do meu olho, porque só quero ver você!"

    ResponderExcluir
  85. Oi Tossan!

    Lindas fotos, lindos textos poéticos, lindas parcerias.

    Parabéns!

    Um fraterno abraço!!!

    ResponderExcluir
  86. Tossan meu querido,
    tem uns selos pro teu blog. Fique à vontade para aceitá-los ou não e caso queira, pegue quantos quiser. Beijos.

    PS: Os selinhos estão na barra lateral do meu blog ok?

    ResponderExcluir
  87. Q bom q gostou...sabe, sempre fico encantada com suas fotos, com os ângulos q vc consegue aqui da cidade e tirei essa com meu celular daquele pedacinho da mureta, imitando uma q vc fez e q me apaixonei...mas q não chega nem aos pés da sensibilidade e encanto q vc consegue transmitir com um clic, q vem dos seus olhos passa pela lente e consegue chegar ao coração.

    bjos muitos...Izinha

    ResponderExcluir
  88. Que delícia saborear a paixão, mesmo que seja a dos outros, encontro de imagem e palavras, a-doro! bjssss

    ResponderExcluir
  89. Muito bonito...
    Boa semana pra vc,
    bjos.

    ResponderExcluir
  90. Boa noite Tossam
    Passei aqui para lhe desejar uma ótima semana, e não demore muito a postar suas lindas fotos e sua tão natural e expontênea poesia que tão bem toca a gente pela sua forma de ver, sentir e que faz emocionar.
    Beijos doces

    ResponderExcluir
  91. Eu vim pra te namorar...rsss..
    beijos doces..
    ciganita

    ResponderExcluir
  92. Estas imagens parecem pintadas. Estou apaixonada por estas folhas maravilhosas. Visito o teu blogue só para as ver.

    ResponderExcluir
  93. Belo!

    Tossan, essas fotos estão ótimas, principalmente a primeira.
    A arte está nos olhos do fotógrafo, que não deixa passar despercebido o que parece lixo aos olhos dos outros.

    ResponderExcluir
  94. Excelentes fotos, Tossan! São cúmplices da poesia.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  95. O mundo caiu no instante em que eu me vi sem você
    Eu não me toquei
    Eu só acreditei que o amor fosse fácil de se esquecer
    Eu errei... eu tenho tanta saudade...

    bjosss

    ResponderExcluir
  96. Eu não sei fazer poesia como você. Encomendei esta...A foto fico devendo rs.. Bjossss

    De Repente (Vinícius de Morais)

    De repente do riso fez-se o pranto
    Silencioso e branco como a bruma
    E das bocas unidas fez-se a espuma
    E das mãos espalmadas fez-se o espanto.
    De repente da calma fez-se o vento
    Que dos olhos desfez a última chama
    E da paixão fez-se o pressentimento
    E do momento imóvel fez-se o drama.
    De repente, não mais que de repente
    Fez-se de triste o que se fez amante
    E de sozinho o que se fez contente.
    Fez-se do amigo próximo o distante
    Fez-se da vida uma aventura errante
    De repente, não mais que de repente.

    Soneto a Quatro Mãos (Paulo Mendes Campos/ Vinicius de Morais)

    Bjossss Fátima

    ResponderExcluir
  97. Olá Tossan
    Estas são uma simples fotos mas de rara beleza. Trabalho magnífico!
    Parabéns.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  98. Sentimentos jorrados em poesia. Bom sentir essas explosões...

    ResponderExcluir
  99. Humm...Dire Straits, ADORO!

    Com asas o meu mundo
    é de criança
    Com asas me redimo da paixão
    Com asas me vou sonhando
    Com asas me encontro...
    no meu chão!

    Um mimo as fotos!!!

    beijinho do oceano

    ResponderExcluir
  100. VEM

    Que bom tentar de novo, né?
    Um "cisco" nos olhos.

    Uma vez, eu me despedi de uma amor... Eu era novinha, garota bobinha de tudo! E eu chorava de soluçar. Ele morava longe da minha cidade e quando nos despedimos, ele passou as mãos nos meus olhos e me disse: "Nossa, entrou um cisco aqui, deixa eu soprar para ele sair". Nunca mais me esqueci disso...

    Um beijo meu amigo, fique com Deus,

    CON

    ResponderExcluir
  101. BBBBEEEEELLLLLEEEEZZZZZAAAAAA!!!!!!
    bjs

    ResponderExcluir

Não costumo comentar pelo Google+, deixe o link do seu blog quando comentar pelo navegador. Obrigado

No suelo comentar sobre el Google+, dejo el enlace a su blog cuando usted comenta en el navegador. Gracias

I do not usually comment on the Google+, leave the link to your blog when you comment on the browser. Thank you

" Posso não concordar com uma única palavra do que dizeis, mas defenderei até o fim o vosso direito de dizê-la" ." (Voltaire)
Antes de mais nada fica estabelecido que ninguém vai tirar meu bom humor. (Fernando Sabino)

"Puedo no estar de acuerdo con una sola palabra de lo que dices, pero defenderé hasta el final su derecho a decirlo". "(Voltaire)
En primer lugar se establece que nadie va a tomar mi buen humor. (Fernando Sabino)

"I may not agree with a single word you say but I will defend to the end your right to say it". "(Voltaire)
First of all it is established that no one will take my good mood. (Fernando Sabino)